Ventosaterapia: conheça a técnica queridinha das celebridades

Tensão, dores musculares e articulares


Em 2016, durante as Olímpiadas, marcas nas costas do nadador Michael Phelps chamaram a atenção dos espectadores. Arredondadas e arroxeadas, as manchas eram resultado de sessões de ventosaterapia, técnica milenar que tem conquistado adeptos em todo o mundo - incluindo famosos como Phelps. Além do atleta, nomes como Madonna, Justin Bieber, Julia Roberts, Paris Hilton, Victoria Beckham, Neymar, entre muitos outros, buscam o alívio de dores e tensões por meio da terapia. 

O que é a ventosaterapia?

A ventosaterapia é indicada para atletas ou qualquer pessoa com dores em geral, sejam elas consequentes de atividades físicas intensas ou não. A prática consiste na aplicação de "copos" - chamados de ventosas - feitos de plástico, vidro ou até mesmo bambu sobre a pele, que geram um vácuo por meio de bombas manuais de sucção. As marcas deixadas por esse processo são comuns e têm a tendência a desaparecer após alguns dias.

Como funciona a ventosaterapia?

Seus resultados surgem por conta do aumento da circulação sanguínea através da pressão negativa na área aplicada, o que alivia a tensão, dores musculares e articulares, libera possíveis contraturas nas fibras, além de eliminar o excesso de ácido lático nos músculos, ajudando na desintoxicação do organismo. O uso das ventosas também pode oferecer outros benefícios, como tratar celulite, aliviar estresse, e até mesmo ajudar em outros problemas de saúde como prisão de ventre, asma, fadiga, artrite e dores em geral.

"A ventosaterapia é utilizada atualmente na prevenção e tratamento de dores musculoesqueléticas, principalmente. Muitos atletas, como corredores e nadadores, procuram a ventosaterapia para alívio de dores após treinos e para relaxamento muscular. A ventosaterapia, ao fazer uma pequena sucção na pele, pode ajudar na circulação sanguínea muscular e diminuir pontos de tensão nos músculos", explica o Dr. Marcus Yu Bin Pai, médico especialista em dor e acupuntura, colaborador do Grupo de Dor do Hospital das Clínicas da USP.

Uma variação dessa técnica, o "Cupping Facial", chamou a atenção principalmente depois de ter sido compartilhada pela socialite Kim Kardashian como sua terapia facial favorita. Esse processo parte do mesmo princípio das ventosas aplicadas pelo corpo, mas difere por fazer uma massagem utilizando os copos ao invés de mantê-los parados no rosto, não gerando as marcas roxas características e obtendo efeito positivo da mesma forma. O tratamento possui diversos benefícios. Dentre as diversas vantagens, o método ajuda na diminuição de olheiras e redução de inchaço, acelera o metabolismo, ativa o colágeno, estimula o sistema linfático reduzindo inflamações, e pode até atenuar casos de rinite e sinusite.

A ventosaterapia deve ser realizada apenas por profissionais adequadamente capacitados, oferecendo assim segurança e eficácia no método. 

anuncio