Quais são os 9 aminoácidos essenciais e onde podem ser encontrados

Compostos são formadores de proteína e alguns precisam ser consumidos por meio de fontes externas


Os nove aminoácidos que precisamos consumir de forma ativa são histidina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, fenilalanina, treonina, triptofano e valina. O ideal é obtê-los simultaneamente, mas o grande problema é que a maioria dos alimentos não possuem individualmente cada um desses compostos.

É nesse contexto que a alimentação equilibrada e balanceada se insere. Com uma grande variedade de nutrientes nas refeições, a chance de se ficar sem algum dos aminoácidos é menor. Também há a possibilidade de suplementar os nutrientes por meio de produtos com uma maior concentração de aminoácidos, como é o caso do BCAA, tão famoso no universo dos praticantes de academia, e que contém leucina, isoleucina e valina.

O suplemento, no entanto, só deve ser consumido a partir de uma avaliação nutricional ou médica; se você realmente não precisar desses nutrientes, seja como objetivo de exercício físico ou para garantir o consumo de aminoácidos, o efeito pode ser justamente o oposto. Neste caso, o melhor a se fazer é ingerir alimentos com esses compostos.

Na lista estão os alimentos de origem animal e que possuem alto valor biológico, como as carnes magras, ovos e leite. Carne de porco, de frango e bovina, além de peixes como salmão e sardinha, são ricos em isoleucina, valina, leucina, fenilalanina, treonina, metionina, histidina e lisina.

O leite e o queijo também possui praticamente todos os aminoácidos. Já a clara do ovo contém, principalmente, isoleucina e valina. Mas se você é vegetariano ou vegano, também há outras opções. Os vegetais normalmente não possuem os nove aminoácidos essenciais individualmente, mas uma combinação entre eles pode sim suprir a necessidade do nosso organismo.

O grão-de-bico, a soja, alguns feijões, o trigo-sarraceno, a quinoa, o amaranto, além das sementes de cânhamo e pistache, são algumas alternativas para quem precisa obter aminoácidos essenciais mas não querem fazer por meio de proteínas animais. As lentilhas, por outro lado, possuem uma quantidade limitada de alguns aminoácidos. Portanto, se a busca for por alternativas vegetais, os especialistas recomendam uma grande variedade desses alimentos no prato.

anuncio