Câmara dos Vereadores de Pindamonhangaba comemora Dia Municipal de Liberdade Religiosa e Cidadania

Solenidade reuniu religiões de diversas matrizes sediadas em Pindamonhangaba e mostrou a igualdade, tolerância e respeito entre as igrejas e templos


Em uma noite de fraternidade entre as religiões, a Câmara de Pindamonhangaba realizou nesta terça-feira (7), no Plenário "Dr. Francisco Romano de Oliveira" a sessão solene que comemorou o "Dia Municipal de Liberdade Religiosa e Cidadania". Vereadores e líderes religiosos estiveram presentes.

Na saudação inicial, o presidente da Mesa, vereador Rafael Goffi lembrou que "a liberdade religiosa é garantida pela Constituição e a igualdade e justiça devem ser tratados como valores supremos de uma sociedade fraterna e pluralista e sem preconceitos".

Após a abertura oficial e a execução dos Hinos Nacional e de Pindamonhangaba, Rafael Goffi concedeu a presidência da solenidade aos dirigentes da ABLIRC - Associação Brasileira de Liberdade Religiosa e Cidadania para a realização do 160º Fórum Paulista de Liberdade Religiosa e Cidadania. Inicialmente, o Secretário Geral da entidade, Alcides Coimbra explanou sobre as ações, atividades e trabalhos que são desenvolvidos pela ABLIRC. "Estamos aqui esta noite para desempenharmos um papel importante na construção de ponte entre as pessoas de boa vontade de diferentes crenças e acreditamos que há pessoas de boa vontade em todas as partes. Liberdade Religiosa é para todos e precisamos do máximo de pessoas que a valorizam e lutem por ela".

Logo em seguida, Coimbra concedeu a palavra ao vereador Rafael Goffi e ele destacou a importância da celebração da Liberdade Religiosa e da Cidadania em toda sua plenitude. "A religião é algo inerente em nossa sociedade, é histórica a relação do homem com suas divindades, com sua religião", pontou o vereador.

Rafael Goffi expôs que "a religião é um dos fenômenos mais importantes da sociedade humana. Toda cultura e civilização, sem exceção, desenvolveu um sistema religioso, fosse ele mais elementar, como as religiões dos povos nativos da América ou mais complexos como as derivadas do patriarca Abraão, ou seja, o Judaísmo, Cristianismo e Islamismo". Goffi complementou: "Somos uma sociedade Plural e, devemos buscar na pluralidade as alternativas cada vez mais objetivarmos a construção de uma sociedade mais justa, solidária e tolerante".

Na sequência dos trabalhos do Fórum, o Presidente da ABLIRC, Samuel Gomes de Lima saudou os presentes e concedeu a palavra ao Orador Oficial da noite, o Assessor Parlamentar da Deputada Estadual Damaris Kuo, José Alexandre Faria. Ao iniciar seu pronunciamento, Faria enfatizou que "falar de Liberdade Religiosa e Cidadania é falar do direito primaz e essencial de todos nós". Ele salientou que  "sabemos que sempre soubemos que temos uma mesma imagem e semelhança, e ao longo da vida, podemos perceber que, na verdade, somos diferentes, somos uma sociedade com pensamentos diferentes e é justamente nesta diferença que nós estamos aqui para celebramos a liberdade religiosa e a cidadania". Para Alexandre Faria, "celebrar a Liberdade Religiosa e a Cidadania é celebrar a diferença; é celebrar a subjetividade, o sentimento que cada um de nós tem, como o dom da vida que cada um tem, que é o de escolher o nosso próprio caminho".

Medalha Paladino da Liberdade Religiosa

Após os pronunciamentos, a ABLIRC - Associação Brasileira de Liberdade Religiosa e Cidadania promoveu a entrega solene da MEDALHA "PALADINO NA DEFESA DA LIBERDADE RELIGIOSA E CIDADANIA aos homenageados do 160º Fórum Paulista de Liberdade Religiosa e Cidadania.

Na sequência, o Presidente da ABLIRC retornou a Presidência ao vereador Rafael Goffi para a conclusão dos trabalhos. Finalizando a solenidade, Goffi concedeu a palavra aos representantes das diversas religiões presentes e todos foram unânimes em afirmar que "a liberdade religiosa e a cidadania são pilares para uma comunidade mais fraterna e socialmente justa".

anuncio