"Estou me amando por quem eu sou", diz Demi Lovato em entrevista à Billboard

Cantora estampa a nova capa da revista norte-americana e fala sobre carreira, altos e baixos e amizade com pessoas da indústria


Com seus seis álbuns, Demi Lovato conseguiu entrar no Top 5 do Billboard 200, provando ser uma força confiável nos rankings, que consegue fazer hinos de empoderamento ("Skyscraper", "Confident"), pop radiofônico ("Cool For The Summer", "Sorry Not Sorry"), colaborações com artistas de EDM ("No Promises", com Cheat Codes) e latinos ("Échame La Culpa", com Luis Fonsi). A cantora estampa a capa da nova edição da revista Billboard norte-americana e falou sobre a carreira, seus altos e baixos e sua amizade com pessoas da indústria.

DEMI LOVATO DÁ CONSELHOS AMOROSOS PARA FÃS 

Além dos hits, os fãs de Demi aprenderam que podem esperar mais da cantora. Antes de outros artistas pop abrirem o jogo sobre seus problemas com os fãs nas redes sociais, Demi já havia revelado todas as suas delicadas questões com a bipolaridade, o alcoolismo, uso de drogas, distúrbios alimentares e reabilitação. Em 2009, ela deixou a turnê ao lado dos Jonas Brothers para se tratar depois de dar um soco no rosto da dançarina que revelou para a equipe que a cantora estava viciada em Adderall. "Foi a oportunidade de traçar um caminho. Podíamos seguir a rota do pop manufaturado e tentar apresentar uma imagem perfeita o tempo todo. Ou podíamos ser verdadeiros e deixar as pessoas saberem de tudo. A autenticidade funciona", disse Phil McIntyre, empresário de Demi.

DEMI LOVATO FALA SOBRE SUA SEXUALIDADE: "SOU FLUIDA" 

Esse lado cru e verdadeiro de Demi permeia o álbum mais recente, Tell Me You Love Me, que teve como referência o disco Stripped, de Christina Aguilera. O projeto mostra uma jovem mulher criando consciência sobre suas vontades, medos, desejos e sexualidade.

demi-capabillboarddemi-capabillboard

Seja na música ou no ativismo, a autenticidade está presente em todos os trabalhos de Demi e faz parte até de suas parcerias de negócios. Quando a atriz Kate Hudson estava procurando uma colaboradora para a sua linha de roupas de ginástica, Fabletics, Demi estava no topo da lista. "Ela personifica tantos elementos da marca - incluindo o empoderamento feminino e a positividade com o corpo", disse Kristen Dykstra, chefe de marketing da Fabletics.

DEMI LOVATO EXPÕE BRUTAS VERDADES NO DOC SIMPLY COMPLICATED 

A conversa com a Billboard aconteceu durante os últimos ensaios para a turnê de divulgação do disco, em que Demi leva para o palco a temática mais adulta e sensual das músicas. "O que eu não gostava na minha turnê anterior é que não tinha ninguém no palco comigo. Não tinha dançarinos, a banda ficava escondida. Havia muita pressão em mim e na minha voz." Dessa vez, a produção foi elevada: dançarinos, projeções de vídeo e um coral da cidade em que o show está sendo realizado acompanham a cantora no palco. Demi trará a turnê para o Brasil no mês que vem.

demilovato5demilovato5

Por estar na indústria desde a infância, a cantora já viu de tudo e tem pouca tolerância com falsidade de qualquer tipo. "As pessoas que não se dispõem a ficar com você em casa, em um programa tranquilo, são aquelas que apenas querem ser vistas com você. Quando estou com a Ariana Grande, é super tranquilo." Demi também é próxima de Iggy Azalea. "Ela é muito discreta, não bebe, não frequenta festas. Ela batalhou muito. Fala o que pensa e isso pode afastar algumas pessoas. Mas é um dos motivos pelos quais a amo. Ela não é o tipo de pessoa que mente para você." 

A baixa tolerância para os artifícios da indústria chegou ao limite em 2016, quando Demi teve a oportunidade de ir ao tradicional baile Met Gala, em Nova York. "Tive uma experiência terrível. Tinha uma celebridade sendo maldosa e foi difícil ficar perto dela. Era cheio de panelinhas. Lembro de me sentir tão desconfortável que tive vontade de beber." Demi, então, mandou uma mensagem para seu empresário e foi direto para uma reunião dos Alcoólicos Anônimos, com outra roupa, mas ainda usando os diamantes que escolheu para a festa. "Milhões de dólares em diamantes em uma reunião do AA. E eu me identifiquei mais com os sem teto que estavam passando pelos mesmos problemas que eu do que com as pessoas do Met Gala - falsos e puxando o saco da indústria da moda."

Demi acredita que o glamour não é para ela. Nesta turnê, está usando figurinos menos provocativos porque entendeu que não precisa. "Posso aparecer qualquer dia no show usando roupas de ginástica porque é o que posso estar com vontade de usar. Estou me amando - não pela minha aparência, mas por quem eu sou."

anuncio

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.