Universidade de Harvard abre curso online sobre budismo

Uma das instituições de ensino superior mais prestigiadas do mundo tem plataforma de ensino a distância desde 2012


Uma das universidades mais prestigiadas do mundo - atualmente considerada a segunda melhor do planeta, atrás apenas de Oxford, segundo o ranking internacional QS -, Harvard iniciou um grande projeto de ensino a distância em 2012 ao lado do Massachusetts Institute of Technology (MIT). Hoje, a plataforma EAD da instituição já abriga mais de 100 cursos de diversos níveis, certificados e exigências. A maioria deles, no entanto, é gratuita.

A procura por cursos a distância de Harvard aumenta a cada ano e se expande ao redor do mundo à medida que os alunos descobrem o catálogo disponível. Segundo o jornal estadunidense Boston Globe, 75% dos estudantes matriculados nos programas online eram de fora dos Estados Unidos - ou três em cada quatro alunos da plataforma.

A tendência cresce também no Brasil, onde as instituições de ensino a distância já recebem mais de 100 mil alunos anualmente em diversas áreas, como Pedagogia, Administração e Direito. Entre os cursos mais procurados do catálogo de Harvard estão áreas de estudos diversas, como Direito, Arquitetura e Matemática. No entanto, o sucesso fez com que uma das principais universidades do mundo expandisse suas aulas para outras áreas do saber.

Desde o início de 2018, Harvard oferece, gratuitamente e online, um curso sobre crenças, práticas e escrituras do Budismo, uma das religiões mais antigas da humanidade. O programa, disponível na plataforma edX, é ministrado pelo professor sênior em literatura budista Charles Hallisey, e é totalmente interativo, com discussões, leituras em vídeo e sem a necessidade de conhecimento prévio em budismo - é necessário apenas falar inglês.

Os conceitos, filosofias e ensinamentos do budismo dependem das variantes internas da religião, das quais o curso oferece todas as diferenças. Hallisey expõe escrituras, artes, atos devocionais e trabalhos literários para completar as aulas. "Você vai aprender a interpretar, refletir e aplicar os ensinamentos de Buda na sua própria vida", explicou ao site de Harvard.

Os conceitos de budismo incluem viver a vida da forma mais moral possível, praticar a meditação e a autorreflexão, deixando o apego às coisas físicas e cultivando o amor, a compaixão e a sabedoria - pilares religiosos que também estruturam o curso. "É também uma oportunidade de abrir sua mente e aprender um mundo religioso que talvez seja desconhecido para a maioria das pessoas", finalizou Hallisey.

anuncio