Professor de Pinda é um dos vencedores do 20º Prêmio Educador Nota 10

Diogo Fernando dos Santos ainda concorre ao título de Educador do Ano, que será escolhido em outubro, em cerimônia na cidade de São Paulo


Diogo é um dos vencedores do Prêmio Educador Nota 10Diogo é um dos vencedores do Prêmio Educador Nota 10 (Foto : Arquivo Pessoal)O professor de Pindamonhangaba, Diogo Fernando dos Santos, foi um dos vencedores da 20ª edição do Prêmio Educador Nota 10, promovido pelo Grupo Abril. Diogo leciona na Escola Municipal Professora Odete Corrêa Madureira, ele faturou o prêmio de R$ 15 mil e um vale-presente de R$ 1 mil para a escola onde o projeto foi desenvolvido. Além disso, os vencedores concorrem ainda ao prêmio de Educador do Ano, que será escolhido em cerimônia no dia 30 de outubro, em São Paulo.

O professor venceu co
m o projeto "Quem escreve sou eu!". O desejo do professor era que seus alunos escrevessem mais e melhor. Para isso, nada mais acertado do que mostrar textos que causam impacto no leitor. Ao eleger os contos de Clarice Lispector e Sylvia Orthof, ele deu à turma do 5º ano oportunidades de apreciar, discutir e analisar excelentes referências. Apostando no potencial das crianças, ele incentivou a produção coletiva e individual de textos autorais e orientou várias etapas de revisão. Tudo foi documentado em um blog, para que o processo de escrita e seus avanços fossem compartilhados com as famílias.

Além de Diogo, outros nove educadores que desenvolveram experiências pedagógicas de destaque nas escolas em que trabalham foram escolhidos por uma comissão de especialistas entre os mais de 5 mil inscritos. Os selecionados são dos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rondônia, Pernambuco e Paraná.

O Educador Nota 10 é uma iniciativa do Grupo Abril em parceria com a Globo, organização da Fundação Victor Civita e da Fundação Roberto Marinho, com apoio da Associação Nova Escola e patrocínio da Fundação Lemann, Somos Educação e Faber Castell.


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.