Estudantes das Etecs conquistam mais de 3,6 mil vagas nas universidades públicas

Considerando apenas instituições estaduais paulistas de Ensino Superior, como Fatecs, Unesp, Unicamp e USP, foram mais de 2 mil aprovados


Alunos dos Ensinos Médio e Integrado das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs), mais uma vez,  são bem-sucedidos nos vestibulares de instituições públicas de Ensino Superior do País. Segundo dados coletados junto a 138 unidades pela Assessoria de Comunicação (AssCom) do Centro Paula Souza (CPS), os jovens conquistaram mais de 3,6 mil vagas nos processos seletivos para o primeiro semestre de 2020.

Considerando apenas instituições estaduais paulistas - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), Faculdades de Tecnologia do Estado (Fatecs), Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Universidade de São Paulo (USP) -, foram mais de 2 mil aprovados. Um número considerável de estudantes conquistou vagas nas Fatecs: 626.

João da Cruz, aluno do Ensino Médio da Etec Antonio de Pádua Cardoso, de Batatais, passou em três vestibulares para Medicina, na Famerp, Unesp e USP e optou por esta última, em Ribeirão Preto, onde enfrentou uma concorrência de 89,04 candidatos por vaga.

Isabela Gonçalves, aluna do Ensino Médio da Etec de Campo Limpo Paulista, na Região de Campinas,  passou em Letras na Unicamp, Unesp, USP e na Universidade Estadual de Maringá (UEM), no Paraná; e em Economia na Unicamp, USP e Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Isabela preferiu Letras na Unicamp.

Já o aluno do curso técnico de Química Integrado ao Ensino Médio da Etec João Belarmino, localizada em Amparo, também na Região de Campinas, Vinícius Paganini, decidiu seguir na área e foi aprovado em Química na USP, Unicamp, Unesp e Fatec - nesta última, no curso superior tecnológico de Processos Químicos. Ele também escolheu a Unicamp.

Veja no site do CPS o número de vagas que cada Etec conquistou nos processos seletivos.

anuncio