Cerca de 6% dos cursos avaliados no Enade 2018 tiraram nota máxima

Escala vai de 1 a 5; maior parte está na média e recebeu nota 3


De acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), cerca de 6% dos cursos de Ensino Superior receberam nota máxima no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). No total, 8.520 cursos e 25,2 mil estudantes foram avaliados. A maior parte é ofertada por instituições públicas federais (199 cursos), seguidas por instituições privadas sem fins lucrativos (123), privadas com fins lucrativos (117), públicas estaduais (52) e um deles por uma instituição municipal.

Os resultados são calculados com base no Conceito ENADE, indicador que leva em conta a nota tirada pelos estudantes do último ano de graduação do ano de 2018. A prova avalia as competências, habilidades e conhecimentos obtidos pelo aluno durante a formação. Os cursos são classificados em uma escala de 1 até 5, de acordo com o desempenho dos estudantes.

Os cursos que tiram 3 estão na média e compreendem a maior parte das instituições. Quem está abaixo da média recebe 1 ou 2, enquanto as instituições que apresentaram o melhor desempenho em uma determinada graduação ficam com 4 ou 5. Ao todo, 1.689 cursos obtiveram conceito 4 e 3; 830 obtiveram conceito 3; 29% ficou com o desempenho abaixo da média, com notas 1 e 2.

Entre aqueles que apresentaram o pior resultado, 1.397, são ofertados por instituições privadas de ensino superior com fins lucrativos; 864 são ofertados por instituições privadas sem fins lucrativos; 76 por instituições públicas federais; 90 por públicas estaduais; 73 por públicas municipais; e 9 por instituições especiais.

O curso de direito, junto ao de administração, representou 48,5% de todos os inscritos no Enade. No primeiro caso, 36,7% obtiveram conceitos 1 ou 2; 43,4% obtiveram conceito 3; 13% conceito 4; e, 6,9%, conceito 5. Já no caso dos cursos de administração, 23,8% obtiveram Conceito Enade 1 ou 2; 51% obtiveram conceito 3; 20,7%, conceito 4; e, 4,5%, alcançaram 5.

Os seguintes cursos de bacharelado foram avaliados no ENADE em 2018: administração, administração pública, ciências contábeis, ciências econômicas, comunicação social - jornalismo, comunicação social - publicidade e propaganda, design, direito, psicologia, relações internacionais, secretariado executivo, serviço social, teologia e turismo.

Além desses, outras áreas com curso de Ensino Superior foram analisadas: tecnologia em comércio exterior, em design de interiores, design de moda, design gráfico, gastronomia, gestão comercial, gestão da qualidade, gestão de recursos humanos, gestão financeira, gestão pública, logística, marketing e processos gerenciais.

anuncio