Subprefeito diz que vandalismo contra circo não representa população de Moreira César

O projeto surgiu pelo amor ao circo e envolve uma família de empresários que reside em São José dos Campos




A população de Moreira César está revoltada com atos de vandalismo que têm manchado o bom nome da população pacata do distrito. Instalado na praça do Vale das Acácias, o projeto cultural Black Circus tem levado grande público aos espetáculos gratuitos, mas na noite de ontem (2), por pouco não ocorre um acontecimento com sérias consequências.

De acordo com João Pedro, um dos proprietários do circo, enquanto acontecia mais uma noite de espetáculos, vândalos foram vistos nos arredores, até que um deles foi surpreendido quando tentava soltar a catraca que prende a lona do circo. Em contato com o subprefeito do distrito, Nilson Luis de Paula Santos, o responsável pelo projeto adiantou que hoje tentarão promover mais um espetáculo. Se não tiverem sucesso, infelizmente eles terão que desmontar o circo e irem embora de Pindamonhangaba.

“Hoje pela manhã nós ficamos sabendo do acontecido sobre esse ato de vandalismo no circo, ontem. E então eu já entrei em contato com o capitão Prolungati. Vou ter uma reunião com ele na parte da tarde. Nós vamos pedir para a Polícia Militar fazer uma ronda lá, dar uma olhada. Também já estou vendo com o nosso secretário de Segurança pra fazer uma ronda com a viatura da guarda municipal .” explicou o subprefeito Nilson Luis. O subprefeito diz que o vandalismo contra o circo não representa a população ordeira de Moreira César

Segundo Nilson, a ideia de instalar o circo na praça do Vale das Acácias foi justamente por sua estratégia, de estar bem em frente à base militar. “A gente já tentou causar uma inibição. É triste porque Moreira César reclama que nunca tem nada. Aí, a gente trabalha para trazer um evento cultural para o distrito e infelizmente acontece isso.”, lamentou.

O subprefeito prefere não acreditar que haja uma motivação política por trás desses atos, mas lembra que há um grupo tentando trabalhar contra o sucesso da nova administração. "Ontem já rolou um vídeo na internet falando sobre a segurança no circo. Pra se ter uma ideia, nós fizemos uma feira de artesanato e eles vieram vistoriar pra ver se achavam alguma irregularidade pra pode publicar!”, disse Nilson. 

Nilson e João PedroNilson e João Pedro (Foto : Divulgação/Luiz Aquino)Projeto Familiar – O projeto surgiu pelo amor ao circo e envolve uma família de empresários que reside em São José dos Campos. De dia todos têm suas ocupações na profissão e à noite estão reunidos no circo.
“É um projeto que a gente ama, um projeto familiar, eu, meu pai, minha mãe, meus três irmãos. É sempre difícil achar uma prefeitura que dá para esse projeto. A gente paga terreno, paga bombeiro, paga energia, paga água, paga tudo. “, disse João Pedro.

Segundo o representante do Black Circus, até o momento, seis cidades da região já foram visitadas pelo projeto Black Circus. "O melhor público, até o momento é o de Moreira César!”, concluiu.


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.