Museu da Imagem e do Som de Taubaté agora tem sala com o nome de Nancy Guisard

Sucesso internacional, Nancy Guisard foi bailarina e pianista, nascida em Taubaté em 1927 e falecida em 1961


A primeira sala à direita do Museu da Imagem e do Som de Taubaté (Mistau) agora se chama Nancy Guisard. A nova nomenclatura se tornou oficial com a publicação no Diário Oficial, da Lei nº 5.563, na última quarta-feira (24).

Nancy Guisard foi bailarina e pianista, nascida em Taubaté em 1927 e falecida em 1961. Sua trajetória começou ainda criança: aos quatro anos de idade, estreou no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, tocando piano e dançando, e o talento rendeu a ela a definição de "prodígio pianístico" em crônica publicada no Jornal do Comércio. 

Aos cinco anos, virou notícia internacional quando se apresentou no Teatro João Caetano lotado, para uma plateia que contava com presença da primeira-dama da República, Darcy Vargas, esposa do então presidente Getúlio Vargas. Chegou a ser apelidada de "Shirley Temple de Taubaté" pelo jornal Folha de Taubaté.

Esta e outras leis municipais estão disponíveis no portal da Câmara na internet.

anuncio