Volume de entrega da Embraer em 2018 totaliza 181 jatos

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras confirmou igualmente o pedido firme de 21 jatos E195-E2 previamente revelado


A Embraer divulgou recentemente o balanço das entregas de aeronaves em 2018, onde foram totalizados 181 jatos em 2018. Foram 90 jatos comerciais e 91 jatos executivos (sendo 64 leves e 27 grandes). O volume de entregas para a aviação comercial ficou dentro da estimativa de 85 a 95 jatos comerciais, enquanto a aviação executiva ficou abaixo da previsão de 105 a 125.

Os números da companhia foram revelados em encontro com investidores e analistas na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). No quarto trimestre de 2018, a Embraer entregou 33 jatos comerciais e 36 jatos executivos (24 leves e 12 grandes). Em 31 de dezembro, a carteira de pedidos firmes a entregar totalizava USD 16,3 bilhões.

Durante o quarto trimestre, a Embraer confirmou a venda de jatos comerciais seguindo os acordos estabelecidos no Farnborough Airshow, em julho de 2018. A Republic Airways, maior operadora do mundo de E-Jets, assinou um contrato firme de 100 jatos E175. O contrato também inclui o direito de compra de 100 jatos E175 adicionais, com direito de conversão para o E175-E2, elevando o potencial do pedido para até 200 E-Jets.

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras confirmou igualmente o pedido firme de 21 jatos E195-E2 previamente revelado. Esse contrato é uma adição aos 30 jatos E195-E2 pedidos em 2015 pela companhia, resultando em uma encomenda total de 51 jatos E2. A Azul é a operadora de lançamento do E195-E2 e receberá sua primeira aeronave em 2019.

Finalizando os contratos acordados no airshow, a Embraer assinou um pedido firme de três jatos E190 com a Nordic Aviation Capital (NAC), a líder global de leasing de aeronaves regionais, e revelou que a Binter Canarias, da Espanha, receberá seu primeiro jato E195-E2 no segundo semestre de 2019, tornando-se o primeiro cliente europeu do maior modelo da família dos E-Jets E2. A companhia confirmou a encomenda de três jatos E195-E2. O contrato inclui também o direito de compra a dois jatos adicionais do mesmo modelo.

A Embraer anunciou no último trimestre que a American Airlines Inc. assinou um pedido firme de 15 jatos E175, com a configuração de 76 assentos. Também foi anunciado um contrato com o Governo do Kiribati, juntamente com sua linha aérea nacional, Air Kiribati, de dois pedidos firmes do jato E190-E2 e direito de compra de outros dois jatos do mesmo modelo.

Recentemente, a Embraer revelou o pedido firme adicional de nove jatos E175 feito pela SkyWest, que foi incluído na carteira de encomendas do último trimestre. Desde 2013, a SkyWest comprou um total de 158 jatos E-175 (incluindo esses nove) para expandir a sua existente frota de aeronaves Embraer.

Em relação ao mercado de aviação executiva, a Embraer lançou no quarto trimestre os novos modelos de jatos executivos Praetor 500 e Praetor 600, oferecendo autonomia de voo sem precedentes para as categorias midsize e super-midsize. A certificação e entrada em serviço do Praetor 600 é esperada para o segundo trimestre de 2019, seguido do Praetor 500 no terceiro trimestre.

anuncio