Com apoio do INPE, missão Shenzhou IX envia primeira astronauta chinesa ao espaço


A China lançou neste sábado, às 07h37 (horário de Brasília)  a nave espacial Shenzhou IX que transporta três astronautas, dentre eles Liu Yang, a primeira mulher chinesa a viajar ao espaço. 

Depois de muito mistérios sobre quem seria a escolhida para a missão espacial, somente nesta sexta-feira, véspera das do lançamento, é que a imprensa oficial confirmou o nome de Liu Yang, de 33 anos.
 
A denominada missão Shenzhou ("Navio Divino") IX,  vai durar 13 dias. A cápsula Shenzhou é um espaçonave inspirado no projeto Soyuz da antiga União Soviética.
Apoio brasileiro
 
A missão chinesa Shenzhou-9, nestes primeiros momentos em órbita, recebe apoio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) que realiza as primeiras operações. O trabalho do INPE vem sendo desenvolvido pela estação de rastreio de Alcântara, no Maranhão, do Centro de Rastreio e Controle de Satélites (CRC) do INPE. 
 
De Alcântara, a equipe brasileira transmite telecomandos recebidos em tempo real do Centro de Controle Chinês para a espaçonave com seus três tripulantes e ainda fará orientação de  medidas distância e Doppler para  órbita enquanto também recebe  dados de telemetria para monitorar o estado de funcionamento da Shenzhou-9.
 
 
Fonte: INPE

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.