Prefeito afastado de Ilhabela tem mandato cassado pela Câmara

A vice-prefeita Gracinha deveria assumir na tarde desta quinta-feira (16), mas está em consulta médica na cidade de Caraguatatuba


Márcio Tenório (MDB) prefeito afastado do cargo na terça-feira (14) em Ilhabela, teve seu mandato cassado nesta quinta-feira (16) pela Câmara Municipal da cidade. A votação ocorreu ao longo de todo o dia e só se encerrou na manhã de hoje.

Por sete votos favoráveis, os parlamentares apontaram irregularidades na contratação de um evento não realizado e cujos organizadores teriam recebido adiantado.  A defesa do prefeito nega as irregularidades e já entrou com medida liminar para tentar suspender a Comissão Processante.

A vice-prefeita Maria das Graças (PSD) deveria assumir na tarde desta quinta-feira (16), mas segundo a presidência da Câmara ela está em consulta médica na cidade de Caraguatatuba e só deve assumir o cargo na sexta-feira (17)


Operação Prelúdio - Márcio Tenório foi afastado do cargo, na manhã de terça-feira (14), após operação desencadeada pela Polícia Federal no arquipélago. O afastamento imediato de Tenório foi acatado pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo

A Justiça também autorizou busca e apreensão na residência e gabinete do prefeito e também acatou, de forma parcial, o pedido de prisão, busca e apreensão e afastamento de função de outros agentes envolvidos.

De acordo com a PF, a operação deflagrada na terça é um desdobramento da Operação Prelúdio que investiga irregularidades que supostamente envolvem agentes políticos.

Confiram a votação:

Nanci Zanato (PPS) - A favor da cassação
Professor Valdir (PPS) - A favor da cassação
Luizinho da Ilha (PSB) - A favor da cassação
Anísio Oliveira (DEM) - A favor da cassação
Marquinhos Guti (DEM) - A favor da cassação
Ezequiel Alves (DEM) - A favor da cassação
Mateus Pestana (PCdoB) - A favor da cassação
Dr. Thiago (SD) - Abstenção
Gabriel Rocha (SD) - Abstenção

anuncio