Polícia já tem um dos suspeitos de morte de empresário em Caçapava

Após saírem da propriedade, os bandidos disseram para que a família não acionasse a polícia, e que entrariam em contato para a negociação do resgate


Um empresário de 47 anos foi mais uma vítima da criminalidade na Região Metropolitana do Vale do Paraíba. Na manhã de segunda-feira (17), Carlos Alberto Faria foi morto, após ser torturado por criminosos que invadiram a chácara do empresário, no bairro Borda da Mata.

Nesta quarta-feira (19) a Polícia Civil de Caçapava divulgou que já tem a identificação de um dos suspeitos do latrocínio, mas não pode fornecer mais informações, que é pra não atrapalhar as investigações.

Segundo a família, um grupo de pelo menos cinco homens armados invadiram a propriedade na manhã da última segunda-feira (17) e renderam os moradores. Os criminosos queriam pertences de valor da casa e levaram carteiras e celulares. Mas eles queriam mais, e assim, o empresário teria se oferecido para seguir com o grupo para sacar um dinheiro de sua conta.

Após saírem da propriedade, os bandidos disseram para que a família não acionasse a polícia, e que entrariam em contato para a negociação do resgate. Com a demora em obter informações sobre a vítima, os familiares acionaram a polícia no final da tarde!

O corpo do empresário do setor foi encontrado em uma estrada no bairro Perinho. O empresário estava morto, enforcado por um fio, e apresentava sinais de tortura e marcas de agressão na cabeça. Em outro local, queimado pelos criminosos, estava o veículo da vítima que havia sido usado para a fuga.


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.