Rebelião no CDP de Taubaté chega ao fim após cerca de 30 horas

Todos os reféns foram libertados


A rebelião no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Taubaté se encerrou na noite desta quinta-feira (9). Todas as 13 pessoas que estavam sendo mantidas reféns desde o início do motim na quarta-feira (8), foram libertados. Os reféns eram 2 agentes penitenciários e 11 religiosos que faziam trabalho voluntário na penitenciária. Ninguém ficou ferido.

Os detentos atearam fogo em colchões e fizeram buracos nas paredes. A unidade abriga 1.521 internos, mas tem capacidade para 844 detentos.

A negociação para o encerramento do motim envolveu promotoria, Justiça e membros da Segurança Pública, e os detentos já foram encaminhados para as celas.

As reivindicações feitas pelos detentos foram entregues à Justiça, mas ainda não se sabe o teor delas.


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.