PF e Receita apreendem cocaína e haxixe com passageiros

Os presos ficarão à disposição da Justiça respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas


A PF, no Aeroporto Internacional de São Paulo, prendeu em ações distintas realizadas em conjunto com a Receita Federal, entre a noite de ontem e manhã desta terça-feira (18/2), dois passageiros com drogas fundos falsos das suas bagagens.

Policiais federais acionados na tarde da segunda-feira (17), por funcionários que atuam no controle migratório, operando os aparelhos de raio-x e espectrômetro de massa, revistaram a bagagem de um passageiro que pretendia embarcar para Dubai, nos Emirados Árabes.

Em um fundo falso existente numa mochila, os policiais encontraram 2 volumes contendo substância orgânica. Conduzido à sede policial, o suspeito, um brasileiro de 25 anos de idade, foi preso após os peritos federais identificarem a substância como cocaína, cujo volume somou 3 Kg.

Na manhã de hoje, um passageiro proveniente de Frankfurt, na Alemanha, foi abordado por servidores da Receita Federal para inspeção alfandegária. Com o uso do aparelho de raio-x, os agentes da Receita identificaram várias formas retangulares ocultas nas estruturas de sua mala.

A PF foi acionada e conduziram o suspeito para a delegacia onde os peritos federais constataram a existência de 101 tabletes compostos por haxixe, cujo peso somou 10 Kg. O homem, de 25 anos de idade, recebeu voz de prisão.

Os presos ficarão à disposição da Justiça respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.

anuncio