Pessoas ainda são mantidas como reféns em rebelião no CDP de Taubaté nesta manhã

Motim já dura 24h e cinco reféns já foram liberados


A rebelião que se iniciou por volta das 15h da última quarta-feira (8) no CDP de Taubaté (SP) ainda continua nesta quinta-feira. Inicialmente, 14 pessoas, entre dois agentes penitenciários e 12 pessoas ligadas à igrejas estavam sendo feitas reféns.

Três pessoas foram liberadas na quarta-feira e dois reféns deixaram o presídio nesta manhã. Durante o motim, os detentos atearam fogo em pelo menos 4 alas, queimando roupas e colchões. A fumaça pode ser vista por quem passa na região.

Equipes da Polícia Militar, Tropa de Choque, BAEP e funcionários da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) fazem um cerco no local, inclusive impedindo o trecho da Rodovia Amador Bueno da Veiga.

De acordo com o Corpo de Bombeiros um agente penitenciário estaria ferido mas no momento o resgate está impossibilitado.

O CDP de Taubaté abriga 1.500 detentos, quase o dobro da sua capacidade, que é de 844 detentos.


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.