Mulher é atacada em Pinda com bexiga com ácido

A vítima estava voltando do trabalho de bicicleta quando foi atingida por um balão com uma substância corrosiva. Ninguém foi preso


Uma mulher de 30 anos foi atacada com uma bexiga com ácido em Pindamonhangaba (SP) no fim da tarde de segunda-feira (2). Ela teve queimaduras de 2° e 3° graus no rosto, tronco e membros inferiores e segue internada no hospital municipal nesta quarta-feira (4). Ninguém foi preso.

O caso aconteceu por volta das 18h30 quando a mulher voltava de bicicleta da loja em que trabalha como vendedora e foi atingida por um balão com uma substância corrosiva. Ela buscou ajuda em um comércio e moradores acionaram o socorro.

De acordo com moradores, o asfalto ficou corroído após o líquido cair no chão. A Polícia Civil informou que ninguém que estava no local presenciou o ataque e que tenta recolher as roupas da vítima para analisar a substância usada no ataque.

No boletim de ocorrência, a suspeita inicial era que o ex-companheiro da vítima tivesse ligação com o ataque, mas a polícia descartou a hipótese. A autoria do ataque ainda é desconhecida.

O ex-companheiro dela foi abordado por policiais, negou qualquer envolvimento e cooperou com os questionamentos da polícia, que verificou que as declarações feitas pelo homem.

Os policiais fizeram buscas por câmeras de segurança na região, mas não havia registros por imagem do momento do crime.

A vítima está internada na Santa Casa de Pindamonhangaba em estado grave e aguarda transferência para um hospital de referência no atendimento de queimaduras.

anuncio