Dezenas de árvores são cortadas para construção de ciclovia em SJC

Moradores reclamam da iniciativa da prefeitura


Marcas no chão numeram árvores que serão cortadas na obra.Marcas no chão numeram árvores que serão cortadas na obra. (Foto : Lucas Lacaz Ruiz / A13)Desde a última segunda-feira (12) dezenas de árvores estão sendo cortadas na avenida dos Astronautas, em São José dos Campos, para a construção da ciclovia DCTA-Embraer. Moradores de bairros próximos ao local afirmam uma estimativa de pelo menos 60 árvores.

A vereadora Amélia Naomi (PT) protocolou uma representação no Ministério Público ontem (14) solicitando a suspensão dos cortes, apuração de possíveis irregularidades e responsabilidade pelos eventuais danos ao meio ambiente. Segundo ela, não faz sentido construir uma ciclovia que incentiva o uso de bicicletas para evitar a poluição derrubando dezenas de árvores.

População se preocupa com os impactos ambientais que podem ser causados.População se preocupa com os impactos ambientais que podem ser causados. (Foto : Lucas Lacaz Ruiz / A13)A ciclovia fará ligação entre a entrada do DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial) com a fábrica da Embraer de São José dos Campos. A extensão é de seis quilômetros e a obra está prevista para ser entregue até março do ano que vem. O valor investido é de R$3,73 milhões.

Em nota, a Secretaria de Mobilidade Urbana informou que: "A supressão das árvores integra o projeto da ciclovia da Av. dos Astronautas, possui os laudos técnicos de autorização e foi prevista para gerar o menor impacto possível, considerando apenas as árvores interferentes na ciclovia. Para cada supressão haverá a compensação ambiental de 15 a 25 mudas".

anuncio