Caçapava inicia campanha de conscientização contra queimadas

Iniciativa busca chamar a atenção da população sobre os perigos dessa prática, tanto ambientais quanto para a saúde das pessoas.


A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente de Caçapava deu início nesta semana a uma campanha para conscientização e informações sobre queimadas. A iniciativa tem parceria com a Defesa Civil do município. como  forma de chamar a atenção da população sobre os perigos dessa prática, tanto pelas questões ambientais quanto para a saúde das pessoas.

Por ser esse um dos períodos mais secos do ano, as ocorrências de queimadas têm aumento considerável. Para efetivar a campanha, foram espalhadas faixas em quatro pontos do município: Túnel da Avenida Brasil, início da estrada de Caçapava Velha, Parque da Moçota e início da Rodovia do Livro, com o objetivo de alertar a população sobre o assunto.

Somente no mês de julho, foram registradas 60 ocorrências (4 atendidas pela Defesa Civil e 56 pelo Corpo de Bombeiros). Para a Defesa Civil de Caçapava, o índice é considerado alto.

"Infelizmente, as pessoas ainda tem o hábito de queimar sobras de capina e podas de plantas, perdendo o controle e causando grandes incêndios", explicou o coordenador da Defesa Civil de Caçapava, Leonardo Aparecido de Faria Júnior.

Punição - Em Caçapava, as queimadas são proibidas pela lei municipal 4.678, de 31 de julho de 2007. Constituem infrações na seguinte lei: utilizar o fogo como método facilitador do corte de cana-de-açúcar e outras culturas, da capina e limpeza de qualquer área; provocar incêndios em mata ou áreas de preservação permanente; causar poluição atmosférica pela queima ao ar livre de pneus, borrachas, plásticos, madeira, lixo doméstico entre outros e soltar balões que possam causar incêndios. Todas essas infrações são passíveis de punição por multa.

Os munícipes que tiverem denúncias a fazer, podem registrar suas denúncias por meio de WhatsApp para a Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, no número 3652-9217 e, no caso de queimadas já instaladas, entrar em contato com o Corpo de Bombeiros, pelo 193 e/ou Defesa Civil, 199.

anuncio