Saúde e Educação usam teatro para conscientizar contra maus tratos de animais

A ideia é promover o fomento da consciência ambiental e sobre a saúde pública às crianças


A Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba, em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura, promoverá 10 dias de apresentações de esquetes sobre crime de maus tratos contra animais, desde segunda-feira (2).

As primeiras escolas municipais que receberam a atividade foram a EM Dr. Francisco de Assis César e a EM Padre Zezinho, ambas no distrito de Moreira César. Nesta terça-feira (3), recebem as apresentações a EM Prof. Joaquim Pereira da Silva, EM Prof. Augusto César Ribeiro, EM José Gonçalves da Silva "Seu Juquinha" e EM Prof. Lauro Vicente de Azevedo.

Os esquetes serão ministrados para aproximadamente 9 mil crianças em 37 unidades escolares da rede municipal de ensino e contarão ainda com a distribuição de exemplares de gibis da Turma da Mônica tratando sobre o abando de animais. Em alguns dias, há a previsão de participação da Polícia Militar Ambiental.

A ideia é promover, de uma forma lúdica, o fomento da consciência ambiental e sobre a saúde pública às crianças, para que cresçam com valores e vivência sobre o tema formando cidadãos no futuro. 

As apresentações vêm ao encontro com o mês da realização da campanha antirrábica 2019, com meta de vacinal de 20.000 animais, que também é uma maneira de manter a saúde do animal e, por conseguinte a saúde humana, já que uma vez contraída não há cura. 

"Acreditamos que a contratação dos artistas do município, muitos deles, que já labutam na causa animal trará benefícios econômicos, ambientais, bem-estar animal, educacional, culturais e da saúde humana", afirmou o diretor de Proteção aos Riscos e Agravos à Saúde, Rafael Lamana.

Sobre a causa, o município já realizou gratuitamente cerca de 1.000 castrações de cães e gatos, em 2018 e 2019, com intuito de controlar o crescimento desordenado da população animal. Contudo, a participação da população é de suma importância na aplicação da "posse responsável" mantendo a saúde de seu pet em dia e sempre em sua posse, assim evitando as gestações indesejadas, o abandono do pet, que atualmente é considerado um crime ambiental.

Programação de Apresentações da Semana:

Yvone Aparecida Arantes Corrêa, Prof.ª

Goiabal

As aventuras das amigas detetives 04/09 08h

João Cesário

Feital

As aventuras das amigas detetives

04/09 10h30

Serafim Ferreira

Terra dos Ipês II

CIA Fam

 Não atire o pau no Gato

04/09 13:30

Julieta Reale Vieira, Profa

Castolira

Uma cadelinha sozinha não faz verão

Dia 04/09 (quarta) 8h

Vito Ardito

Araretama

"CãoRespeito aos animais. "

Dia 04/09/2019 - 08h00

Alexandre Machado Salgado, Prof.

Campinas

Alicate em Defesa dos Animais

Dia 04/09 - 8h

"Profª Odete Corrêa Madureira"

Jd. Morumbi

Alicate em Defesa dos Animais

Dia 04/09 - 10h30

Maria Zara Miné Renoldi dos Santos, Profa

Ouro Verde

As aventuras das amigas detetives

05/09 10h30

André Franco Montoro, Dr.

Crispim

"Programa AUmigão"

Dia 05/09

* André Montoro - 8:40

Isabel do Carmo Nogueira, Profa

Crispim

"Programa AUmigão"

Dia 05/09

* Isabel d Carmo - 10:30

Rachel de Aguiar Loberto, Profa

Vale das Acácias

Alicate em Defesa dos Animais

Dia 05/09 - 10h30

Ângelo Paz da Silva, Dr.

Cidade Jardim

 

As aventuras das amigas detetives

06/09 08h00

João Kolenda Lemos, Prof.

Bem Viver

As aventuras das amigas detetives

06/09 10h30

Maria App. Camargo de Souza, Profª

Ribeirão Grande

Uma cadelinha sozinha não faz verão

Dia 06/09 (sexta) - 16H15

Maria Helena Ribeiro Vilela, Profa

Jd. Regina

Uma cadelinha sozinha não faz verão

Dia 06/09 (sexta) - 13h30

Paulo Freire, Prof.

Vila Prado

"Programa AUmigão"

Dia 06/09

* Paulo Freire - 8:30

Abdias Júnior Santiago e Silva

Santa Cecília

"Programa AUmigão"

Dia 06/09

* Abdias Júnior - 10:30

728x90