Recital gratuito encerra atividades do PEMSA em 2019

Crianças de 07 a 17 apresentam músicas clássicas e populares no Santuário Nacional


Encerrando as atividades de 2019, o Projeto de Educação Musical do Santuário de Aparecida (PEMSA), realiza seu tradicional recital de fim de ano. Mais de 500 alunos das oficinas de cordas, madeiras, metais, percussão e canto coral se apresentam na próxima quarta-feira (11), a partir das 19h no Auditório Padre Noé Sotillo, no subsolo da Basílica de Aparecida (SP). A entrada é franca, mas a organização pede a doação de um pacote de fraldas geriátricas como gesto concreto.

Aguardado por familiares e pelos pequenos músicos, o recital marca o fim de mais um semestre de oficinas. Durante o espetáculo, cada grupo de alunos apresenta uma peça musical de acordo com o nível de aprendizado.

"O recital é uma coroação do nosso trabalho. Demonstramos tudo aquilo que desenvolvemos com as crianças e adolescentes ao longo do ano. Os pais e responsáveis podem conhecer os avanços que seus filhos tiveram no semestre e nada melhor do que demonstrar isso na prática, ou seja, tocando", explica a gerente administrativa do Projeto, Patrícia Filardo.

Quem participar das apresentações pode conferir músicas populares e expoentes do gênero clássico. As peças serão executadas por jovens e crianças de 07 a 17 anos que são atendidas pelo Projeto.

Além de encerrar as atividades do ano, o recital também terá caráter comemorativo. Em 2019, diversos momentos marcaram o ano e a vida de instrutores e participantes do PEMSA.

"É um ano que ficará registrado na memória de todos nós. Como grandes marcos de 2019, podemos ressaltar a participação do Coral e da Orquestra no Tributo a Nossa Senhora Aparecida, com o cantor Daniel e convidados. Ressalto também a apresentação inédita do PEMSA no Theatro Municipal de São Paulo, no último mês de novembro. Esta foi, sem dúvida, uma experiência surreal", comemora Filardo.

Ao mesmo tempo em que celebra o êxito das atividades deste ano, o Projeto já planeja ações para 2020. "Vamos atender mais de 600 crianças no próximo ano. Todas as vagas estão preenchidas e já estamos planejando o calendário de atividades do ano vindouro", detalha.

O Projeto -  Implantado em março de 2003, o PEMSA já assistiu mais de sete mil crianças e adolescentes, sendo que muitos seguiram no caminho da música e hoje integram orquestras como Bachiana Filarmônica SESI-SP, Bacarelli, Orquestra de Barra Mansa, Orquestra Filarmônica de Belo Horizonte e bandas das Forças Armadas do Brasil.

Funcionando em um prédio com 17 salas para oficinas teóricas e práticas individuais e em grupo, o PEMSA conta com 50 funcionários e atende centenas de crianças e jovens, de 07 a 17 anos, no contra turno da escola. O projeto tem uma orquestra formada pelos alunos avançados, atualmente com 70 músicos, e um coral com 120 integrantes.

anuncio