Licenciamento 2018: Porquê e como fazê-lo

porquê fazer o licenciamento 2018?


Quem possui um carro, moto, caminhão ou qualquer veículo automotor e ainda não acertou as contas com o licenciamento 2018 do seu veículo, precisa começar a se preocupar!

O Licenciamento veicular é um dos tributos mais conhecidos e temidos pelo motorista brasileiro, já que todo ano o motorista deve pagar impostos como o seguro obrigatório, IPVA e multas além da própria taxa do licenciamento para obter a liberação do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de veículos).

Essa licença é muito importante para o condutor, pois somente com o CRLV o contribuinte poderá circular pelas vias nacionais de forma regularizada, sem correr o risco de perder sua Carteira Nacional de Habilitação ou ter seu veículo apreendido temporária ou permanentemente.

E, assim como o IPVA, o CRLV é uma taxa anual; o que diferencia o CRLV é que  não existe isenção do Licenciamento, independentemente da idade do veículo conduzido. Posto que nele estão inclusas as taxas de manutenção das vias nacionais, entre outros impostos.

A importância de manter o Licenciamento em dia é clara, mas, caso você seja parado em uma blitz, o agente não precisará questionar os mínimos detalhes do veículo. É comum que este  só solicite sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e o CRLV. Estando estes atualizado,s o motorista fica livre para circular. O Licenciamento permite, de maneira mais simples, que o motorista trafegue pelas vias do país sem ter que andar com diversos documentos e comprovantes.

Como fazê-lo:

Fazer o Licenciamento 2018 é muito simples, basta o contribuinte pagar normalmente seu IPVA, Seguro Obrigatório(DPVAT) e quaisquer multas pendentes e aguardar a liberação da guia de pagamento de seu veículo. A data para a emissão desta guia é definida através do final da placa do contribuinte, e tabelada de forma diferente para cada estado.

Tabela de datas para o Licenciamento 2018 de São Paulo:

  • “Licenciamento final 1: o prazo de renovação é abril;

  • Licenciamento final 2: o prazo para renovação é maio;

  • Licenciamento final 3: prazo de renovação é junho;

  • Licenciamento final 4: prazo de renovação é julho;

  • Licenciamento final 5: o prazo de renovação é agosto;

  • Licenciamento final  6: o prazo de renovação é agosto;

  • Licenciamento final 7: o prazo de renovação é setembro;

  • Licenciamento final 8: o prazo para renovação é outubro;

  • Licenciamento final 9: o prazo de renovação é novembro;

  • Licenciamento final 0: o prazo de renovação é dezembro;”

O valor desta guia também vai variar para cada estado e todas essas informações devem ser checadas no site do Detran local. Munidos da guia o contribuinte deve:

  • Se dirigir ao Detran conveniado com a documentação exigida;

  • Informar ao atendente o RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores) do veículo;

  • Recolher a guia com o valor da taxa a ser recolhida, com pendencias como multas inclusas e informadas no ato;

  • Pegar a guia e efetuar o pagamento dentro do prazo de vencimento;

Todo esse processo pode tomar muito tempo do motorista, sendo encarado como um fardo para os proprietários de automóveis.  A boa notícia é que tudo pode ser feito através de um despachante confiável e rápido, descomplicando o processo e não tendo que se preocupar com uma possível taxa anual que não foi devidamente quitada.

Caso opte por esse serviço, aconselhamos a escolha de despachantes que ofereçam atendimento online, facilidade de pagamento e transparência do processo.


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.