Homem que atropelou e matou ciclista é preso por embriaguez ao volante

O acidente aconteceu na manhã deste domingo (10) na Floriano Rodrigues Pinheiro trecho de Taubaté (SP)


O motorista de 35 anos que atropelou e matou um ciclista na manhã deste domingo (10) na Floriano Rodrigues Pinheiro trecho de Taubaté (SP), foi preso por embriaguez ao volante. De acordo com a Polícia Civil, após o acidente, ele passou pelo teste que constou 0,19 miligramas de álcool por litro de sangue.

O acidente aconteceu por volta das 7h30 na rodovia, quando o motorista perdeu o controle e bateu em uma caminhonete. Com a batida, o carro capoteou e atingiu um grupo de ciclistas que seguia no acostamento.

O ciclista atingido não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A esposa da vítima teve ferimentos leves, foi socorrida e teve alta ainda na manhã deste domingo (10). Com o capotamento, o motorista também ficou ferido e chegou a ser socorrido, mas teve alta no fim da manhã.

Durante o atendimento, ele passou pelo teste do bafômetro que mostrou que estava alcoolizado - 0,19 miligramas de álcool por litro de sangue. Após receber alta, ele foi preso em flagrante. O motorista vai responder por homicídio culposo - quando não há intenção de matar - com agravante de dirigir sob a influência de álcool e lesão corporal pelas vítimas atingidas. Ele permanece preso na delegacia de Taubaté e vai passar por audiência de custódia nesta segunda-feira (11).

A vítima fatal era engenheiro de uma indústria de cervejas em Jacareí e seguia com a esposa para um passeio ciclístico até uma cachoeira na zona rural de Pindamonhangaba (SP). Os dois eram de São José dos Campos (SP) e estavam com um grupo de cerca de 20 ciclistas que fazem passeios de bicicleta pela região.

O corpo do engenheiro segue no Instituto Médico Legal (IML) de Taubaté (SP).

728x90