Lorena promove ações para acolhimento de moradores em situação de rua

No local são atendidos de 24 a 28 pessoas diariamente, durante todo o ano, incluindo a utilização de um ou mais serviços oferecidos


Para oferecer acolhimento a este público a moradores que vivem em situação de rua, a Prefeitura de Lorena realiza um forte trabalho dedicado ao atendimento e construção de vínculos. Um deles é a Casa da Acolhida.

O local fica à Rua Virgulino Pinto Cabral, nº371, Vila Hepacaré, e oferece alimentação, banho e pernoite às pessoas que utilizam a rua como espaço de moradia e sobrevivência. Com as baixas temperaturas do inverno, torna-se aumenta ainda mais a preocupação com a situação dos moradores de rua.

A Casa da Acolhida funciona sob coordenação da Associação Aldeias de Vida, desde agosto do ano passado. Segundo balanço da associação. No local são atendidos de 24 a 28 pessoas diariamente, durante todo o ano, incluindo a utilização de um ou mais serviços oferecidos.

O trabalho no espaço também inclui, sempre que possível, encaminhamentos a serviços especializados, como o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), internações hospitalares, em parceria com a Secretaria de Saúde, e comunidades terapêuticas, CREAS e Plantão Social da SADS.

Além deste atendimento, a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS) realiza diariamente abordagens com educador social, técnico de referência e apoio de toda equipe do Creas, como forma de aproximação, escuta e construção de vínculos com moradores em situação de rua.

Quinzenalmente, é realizado um trabalho multidisciplinar itinerante, que inclui uma equipe formada por profissionais da saúde e assistência social, com foco na abordagem e encaminhamento a serviços especializados.

anuncio