Justiça determina volta de Alexandre Nardoni ao regime fechado em Tremembé

Nardoni foi condenado a uma pena de mais de 30 anos pela morte da filha Isabella Nardoni, em 2008


Por determinação da Justiça de São Paulo nesta terça-feira (13) o detento Alexandre Alves Nardoni, 41 anos, deve voltar para cumprimento de pena no regime fechado. Nardoni é um dos beneficiados com a Saídinha do Dia dos Pais e deixou o presídio de Tremembé na manhã da última quinta-feira (8)

Ele foi condenado a uma pena de mais de 30 anos pela morte da filha Isabella Nardoni, crime ocorrido em 2008 e que teve como comparsa a então madrasta da menina, Anna Carolina Jatobá.

O homicídio ocorreu em 29 de março daquele ano. Isabella, de cinco anos, morreu após ser jogada do sexto andar do Edifício London, localizado na Vila Guilherme, zona norte de São Paulo.

Em atendimento a um pedido do Ministério Público (MP), argumentou a não realização de exame criminológico mais complexo, os desembargadores da 4ª Câmara Criminal, por unanimidade, cassaram a progressão do sentenciado.

Alexandre Nardoni estava no semiaberto desde abril deste ano e foi a primeira vez que recebeu o benefício da "saidinha".

anuncio