Governo vai depositar metade do lucro do FGTS nas contas de 88 milhões de trabalhadores

Esses valores são proporcionais ao saldo na conta do trabalhador em 31 de dezembro de 2016


A partir de 31 de agosto, R$ 7,28 bilhões serão depositados nas contas do FGTS de 88 milhões de trabalhadores. O valor corresponde à R$ 14,55 bilhões metade do lucro líquido do Fundo no ano passado, lucro esse que o governo obtém com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A distribuição de resultados do fundo está prevista na Lei 13.446/2017 e foi anunciada ontem (10) pelo presidente da República, Michel Temer.

Com o lucro líquido de R$ 14,55 bilhões do Fundo no ano passado, serão creditados R$ 7,28 bilhões. No entanto, de acordo com o governo, esses valores são proporcionais ao saldo na conta do trabalhador em 31 de dezembro de 2016. Mesmo que os valores tenham sido sacados depois dessa data, o lucro referente ao ano passado será creditado.

Para explicar melhor, quando o FGTS empresta recursos para uma pessoa financiar uma casa e tem o empréstimo quitado, há um lucro com a operação. Antes, esse recurso voltava para o fundo para ser emprestado novamente. Agora, todo ano, o governo depositará metade desse lucro na contado do cidadão.

No caso do depósito que será feito em 31 de agosto, vale destacar que ele é referente ao resultado obtido pelo fundo em 2016.

Outro ponto que precisar ser destacado é que esse dinheiro extra não poderá ser sacado pelo trabalhador da forma como ocorreu com as contas inativas do FGTS. Apenas em ocasiões especiais, os recursos poderão ser usados, como na compra da casa própria ou em caso de demissão sem justa causa.

Quem tem direito - A CAIXA criou um serviço de atendimento por meio do seu site para facilitar o atendimento ao trabalhador que tem direito ao benefício. Na página, será possível visualizar o valor que foi depositado.

Atendimento ao Cliente - Outra opção de atendimento aos trabalhadores é o Serviço de Atendimento ao Cliente, pelo 0800 726 2017. Por meio dele, será possível saber o valor do crédito dos rendimentos de todas as contas que possuíam saldo em dezembro. Para realizar a consulta no 0800 ou no site, o trabalhador deverá informar o nome completo, o CPF ou o nº do PIS.


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.