Estátua de Jacques Cousteau vira atração turística em Ubatuba

Monumento em homenagem ao oceanógrafo está na Praça da Baleia


Monumento dedicado ao oceanógrafo Jacques CusteauMonumento dedicado ao oceangrafo Jacques Custeau

Ubatuba tem, além das belezas naturais, vários atrativos que chamam a atenção dos turistas. Recentemente, a cidade ganhou mais um importante monumento: a Praça da Baleia recebeu no dia 9 de junho um monumento que presta homenagem ao grande defensor dos mares, o francês Jacques-Yves Cousteau, falecido há cerca de 20 anos.

Jacques-Yves Cousteau era oceanógrafo, documentarista, cineasta, inventor e conhecido, carinhosamente, como “Capitão Planeta”. Seus inúmeros filmes e documentários tinham como principal mensagem a beleza e a fragilidade dos mares e mobilizava milhares de admiradores e defensores dessa questão.

Hugo Gallo Neto, oceanógrafo, diretor do Aquário de Ubatuba, fundador do Instituto Argonauta e presidente do Ubatuba Convention and Visitors Bureau destaca que o movimento na praça aumentou muito.  O monumento é composto pela estátua em tamanho real de Cousteau e a réplica da frente do seu famoso barco Calypso. “Como podemos notar, todo mundo quer tirar foto no monumento, de crianças a adultos, e virou uma grande atração na cidade”, destaca Hugo Gallo,

A estátua de Jacques Cousteau foi colocada submersa na Ilha Anchieta por 200 mergulhadores reunidos pela Associação de Operadoras de Mergulho de Ubatuba em 1997, ano de sua morte. Passados 20 anos, em 2017, o monumento em homenagem ao oceanógrafo foi retirado do fundo do mar para ser restaurado pelo escultor Fábio Souza.Todo o trabalho foi realizado em conjunto com o Aquário de Ubatuba, Prefeitura Municipal de Ubatuba, Associação de Operadoras de Mergulho de Ubatuba e Parque Estadual da Ilha Anchieta.