EDP faz doação para compra de respiradores para UTIs em São Paulo

Companhia destinará 6 milhões de reais à organização social Comunitas, que adquirirá os equipamentos para hospitais públicos do Estado


A concessionária de energia EDP doou R$ 6 milhões à organização social Comunitas para a compra de respiradores hospitalares. A iniciativa a EDP vai viabilizar a oferta de 25% de todos os respiradores necessários para atender os leitos das UTIs dos hospitais públicos do estado de São Paulo, o mais atingido pela crise do Coronavírus, nesta primeira fase de reforço.

De acordo com a concessionária, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, os respiradores artificiais são equipamentos essenciais para a sobrevivência e recuperação de pacientes graves da Covid-19. Esses instrumentos serão encaminhados a hospitais públicos indicados pelo governo do Estado de São Paulo, com intuito de auxiliar a gestão pública no controle da pandemia.

No total, a campanha da Comunitas arrecadou R$ 23,4 milhões com a ajuda de 150 empresas. O montante doado pela EDP, o maior entre as organizações participantes desta ação, permitiu à entidade atingir sua meta de levantamento de recursos, possibilitando a compra conjunta de 345 respiradores.

"A gravidade do momento que vivemos exige da iniciativa privada uma postura de cooperação com os esforços governamentais e sociais no combate ao novo Coronavírus. O reforço da capacidade de respiradores nas UTIs de São Paulo é, sem dúvida, uma medida prudente para o enfrentamento desta pandemia numa das maiores áreas metropolitanas da América do Sul", afirma Miguel Setas, presidente da EDP no Brasil.

anuncio