5 mitos e verdades sobre a calvície e a queda de cabelos

A redução total ou parcial  de cabelos é um problema que afeta drasticamente a autoestima dos indivíduos


A redução total ou parcial  de cabelos é um problema que afeta drasticamente a autoestima dos indivíduos com essa condição. A alopecia, como é chamada no meio científico, tem maior prevalência nos homens - de acordo com a  Sociedade Brasileira de Dermatologia, 50% dos indivíduos do sexo masculino sofrem do problema até os 50 anos de idade. Mas não quer dizer que não acontece com as mulheres: 30% delas também são afetadas. Com isso, surgem vários mitos populares em torno do assunto, como utilização de produtos milagrosos ou caseiros. Abaixo, confira cinco mitos e verdades sobre a calvície:

1. Esteróides aceleram a queda de cabelo

Verdade. A famosa bomba, ou esteróide, no jargão médico, pode ocasionar a aceleração da queda de cabelo nos homens. Isso porque essas substâncias possuem alto nível de dihidrotestosterona, um hormônio presente na testosterona, sendo  responsável pela alopecia genética, termo para designar a calvície hereditária. Se for para utilizá-los, que seja por prescrição médica, até mesmo porque muitos deles são proibidos no Brasil.

2. Produtos caseiros podem curar a calvície

Mito. Primeiro, é importante dizer que existem tratamentos avançados para a calvície e formas de contornar esteticamente a queda de cabelo, mas infelizmente ainda não há uma cura para esse problema. Portanto, a história de que produtos caseiros como ovo, vinagre e mel podem resolver o problema não passa de um mito popular. Eles podem funcionar como máscara hidratante, mas jamais devolverão os fios perdidos ou servirão como método de prevenção.

3. A dieta pode afetar o crescimento de cabelo

Verdade. Homens com predisposição genética devem ficar atentos a esse fator. A deficiência de nutrientes pode prejudicar várias regiões e tecidos do nosso organismo, entre eles os cabelos. A falta de proteína pode acelerar o processo de calvície. Se você for vegetariano ou vegano, também se certifique de consumir as doses necessárias desse macronutriente.

4. Raspar o cabelo evita a calvície

Mito. Não há nenhuma base científica para essa afirmação. Raspar ou cortar o cabelo não interfere no crescimento dos fios, como imaginam algumas pessoas. Na verdade, em alguns casos pode até não ser uma boa coisa a se fazer, visto que danos a raiz podem levar à perda permanente de cabelo. Sem contar o fato de que os fios mais finos podem nascer com a irritação do couro cabeludo e deixar a calvície ainda mais aparente.

5. Escovar o cabelo acelera a calvície

Mito. Outra frase muito utilizada pela sabedoria popular é "evite usar escova se você tem queda de cabelo". De novo, não há nenhuma base científica para essa afirmação. O que acontece, em muitos casos, é que alguns fios de cabelo podem ficar presos na escova, dando a impressão de que eles estão caindo por causa da prática. Por outro lado, se feita de forma suave, a escovação pode ser benéfica, já que propicia a circulação de sangue na região e auxilia o crescimento.

anuncio