23ª Competição Baja SAE BRASIL será realizada em São José dos Campos (SP), de 9 a 12 de março

A competição bate recorde histórico de inscrições em 2017, com 88 equipes de 81 instituições de ensino superior de Norte a Sul do País


Bandeirada para a Mangue Baja 1 (UFPE), 2ª colocada em 2016Bandeirada para a Mangue Baja 1 (UFPE), 2 colocada em 2016 (Foto : Baja SAE 2016)
Com 88 equipes inscritas de 18 Estados brasileiros mais Distrito Federal (DF), a 23ª Competição Baja SAE BRASIL registrou o maior número de inscrições de sua história, iniciada em 1995 com a realização da primeira competição nacional no bairro do Ibirapuera, em São Paulo.


As provas da edição 2017 serão realizadas de 9 a 12 de março em São José dos Campos, região do Vale do Paraíba, Interior paulista, em área localizada na avenida Cesare Monsueto Giulio Lattes, s/n, bairro Eugenio de Melo, próxima à Fatec local.

Inscreveram-se 1.836 estudantes de engenharia e professores (orientadores), de 81 instituições de ensino superior, reunidos em 88 equipes. Para competir, os universitários terão de projetar e construir os próprios carros, denominados Baja SAE. Além dos protótipos, os estudantes são responsáveis pela administração da equipe e de todo a dinâmica de trabalho, o que inclui parte técnica e também a viabilidade econômica do projeto. 

Como tradicionalmente, o Sudeste lidera em número de equipes, com 50 do total de 88 inscritas (25 são do Estado de São Paulo, 13 de Minas Gerais, nove do Rio de Janeiro e três do Espírito Santo. 

O Nordeste conta 15 equipes inscritas (quatro de Pernambuco, três para cada um dos Estados da Bahia e Rio Grande do Norte, duas da Paraíba, e uma para cada um dos Estados do Maranhão, Alagoas e Piauí).

A região Sul inscreveu 15 equipes (sete do Paraná, cinco do Rio Grande do Sul, e três de Santa Catarina), Centro-Oeste cinco (três do Mato Grosso do Sul, uma de Mato Grosso e uma do Distrito Federal), e o Norte três (duas do Pará e uma do Amazonas).

Como prêmio, as três instituições de ensino que alcançarem as melhores pontuações na soma geral de todas as provas da competição nacional poderão representar o Brasil na competição da SAE International, nos Estados Unidos, onde o Brasil é tetracampeão.

Carros – Os veículos Baja SAE são protótipos de estrutura tubular em aço, monopostos, para uso fora de estrada, com quatro ou mais rodas e motor padrão de 10 HP, que devem ser capazes de transportar pilotos com até 1,90 m de altura, pesando até 113,4 kg. Os sistemas de suspensão, transmissão e freios, assim como o próprio chassi, são projetados e construídos pelas equipes, que têm, ainda, a tarefa de buscar patrocínio para viabilizar o projeto. 

Histórico - O projeto Baja SAE foi criado na Universidade da Carolina do Sul, Estados Unidos, e a primeira competição norte-americana realizada em 1976. O ano de 1991 marcou o início das atividades da SAE BRASIL, que, em 1994, lançava o Projeto Baja SAE BRASIL e no ano seguinte, 1995, realizava a primeira competição nacional, na pista Guido Caloi, bairro do Ibirapuera, capital paulista. Em 1996 a competição foi transferida para o Autódromo de Interlagos, onde ficaria até o ano de 2002 e depois seguiu para o Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo, em Piracicaba, interior de São Paulo, onde ficou até 2015, passando para o endereço atual - São José dos Campos - em 2016.

23ª Competição Baja SAE BRASIL
Quando: de 09 a 12 de março de 2017
Onde: av. Cesare Monsueto Giulio Lattes, s/n, bairro Eugenio de Melo, São José dos Campos, ao lado da Fatec. 

PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR 

Dia 09 de março (quinta-feira) 8h30 às 9h30 – Briefing da competição. 12h30 às 19h – Abastecimento, inspeções técnicas, re-check das inspeções técnicas e verificações de motor, conforto e freios. 

Dia 10 de março (sexta-feira) – 9h às 19h – Abastecimento, inspeções técnicas, re-check das inspeções técnicas e verificações de motor, conforto e freios. 9h30 às 19h – Primeira fase de apresentação de projetos.

Dia 11 de março (sábado) – 9h às 11h – Primeira fase de apresentação de projetos. 11h30 às 16h – Provas dinâmicas (capacidade de tração, aceleração e velocidade máxima, e “suspension and traction”) e repescagem de segurança. 11h30 às 17h30 – Repescagem de conforto. 11h30 às 18h30 – Repescagem de freios. 16h20 às 19h – Finais de apresentação de projetos. 19h – Briefing com pilotos.

Dia 12 de março (domingo) – 9h15 – Formação do grid de largada. 10h às 14h – Enduro de resistência. 15h – Encerramento.

Equipes na 23ª Competição Baja SAE BRASIL- PETROBRAS

Total: 88 equipes inscritas • 18 Estados mais DF • 81 instituições de ensino
(em 2016 foram 74 equipes inscritas • 19 Estados mais DF • 68 instituições de ensino)

CENTRO-OESTE (2 Estados + DF – 5 equipes – 4 instituições)

Distrito Federal (1 equipe / 1 instituição)
Carro 33 - Equipe Piratas do Cerrado - Universidade de Brasília

Mato Grosso (1 equipe / 1 instituição)
Carro 62 – Equipe Bajacaré - Universidade Federal de Mato Grosso

Mato Grosso do Sul (3 equipes / 2 instituições)
Carro 25 – Equipe Baja Guaicurus - Universidade Federal da Grande Dourados 
Carro 26 – Equipe BaGD - Universidade Federal da Grande Dourados
Carro 88 – Equipe Javalis Baja UCDB - Universidade Católica Dom Bosco

NORDESTE (7 Estados – 15 equipes – 14 instituições)

Alagoas (1 equipe / 1 instituição)
Carro 61 – Equipe Bode Guerreiro Baja - Faculdade Pitagoras Maceió

Bahia (3 equipes/ 3 instituições)
Carro 21 - Equipe Carpoeira Baja - Universidade Federal Da Bahia
Carro 70 - Equipe Äkupã - Universidade Salvador
Carro 75 - Equipe Baajatinga - Universidade Federal do Vale do São Francisco

Maranhão (1 equipe / 1 instituição)
Carro 46 – Equipe Bumba Meu Baja - Universidade Estadual do Maranhão

Paraíba (2 equipes/ 2 instituições)
Carro 32 – Equipe UFPBaja Inebriável - Universidade Federal da Paraíba
Carro 48 – Equipe Paraybaja - Universidade Federal de Campina Grande

Pernambuco (4 equipes/ 3 instituições)
Carro 3 – Equipe Mangue Baja 2 - Universidade Federal de Pernambuco
Carro 4 – Equipe Mangue Baja 1- Universidade Federal de Pernambuco
Carro 54 – Equipe Corisco - Universidade de Pernambuco
Carro 66 – Equipe Bajagreste - Instituto Federal de Pernambuco

Piauí (1 equipe/ 1 instituição)
Carro 53 – Equipe IFPI Baja SAE – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Rio Grande do Norte (3 equipes/ 3 instituições)
Carro 11 – Equipe Car-kará - Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Carro 15 – Equipe Cactus Baja - Universidade Federal Rural do Semi-Árido - Mossoró
Carro 82 – Equipe Caraubaja SAE - Universidade Federal Rural do Semi-Árido - Caraubas

NORTE (2 Estados – 3 equipes – 3 instituições) 

Amazonas (1 equipe/ 1 instituição)
Carro 59 – Equipe Baja UEA – Universidade do Estado do Amazonas

Pará (2 equipes / 2 instituições)
Carro 63 – Equipe Baja Tucuruí - Universidade Federal do Pará
Carro 83 - Jambu Racing - Estácio de Belém

SUDESTE (4 Estados – 50 equipes – 45 instituições)

São Paulo (25 equipes/ 21 instituições)
Grande São Paulo – (15 equipes / 12 instituições)
Carro 1 – Equipe FEI Baja 02 - Centro Universitário da FEI
Carro 2 – Equipe FEI Baja 01 - Centro Universitário da FEI
Carro 6 – Equipe Poli Atlas - Escola Politécnica da USP
Carro 7 – Equipe Poli Cronos - Escola Politécnica da USP
Carro 20 – Equipe ITA Baja - Instituto Tecnológico de Aeronáutica
Carro 30 – Equipe Genau Baja - UFSCar Universidade Federal de São Carlos 
Carro 35 – Equipe Baja UFABC - Fundação Universidade Federal do ABC
Carro 37 – Equipe BAJA Mauá 1 - Instituto Mauá de Tecnologia
Carro 38 – Equipe BAJA Maua 2 - Instituto Mauá de Tecnologia
Carro 45 – Equipe Fatecnólogos - Faculdade de Tecnologia de São Paulo
Carro 49 – Equipe FhoBaja - Fundação Hermínio Ometto
Carro 50 – Equipe Bajiganga - Universidade São Judas Tadeu
Carro 60 – Equipe Mack Gear - Instituto Presbiteriano Mackenzie
Carro 72 – Equipe Baja SAE Clarengex - Ação Educacional Claretiana
Carro 76 – Equipe Celeritas - Centro Universitário Salesiano de São Paulo

São Paulo / Interior – (10 equipes / 09 instituições)
Carro 17 - Equipe - EESC USP 1 - Escola de Engenharia de São Carlos
Carro 18 - Equipe - EESC USP 2 - Escola de Engenharia de São Carlos
Carro 19 - Equipe - UNICAMP Baja SAE - Universidade Estadual de Campinas
Carro 31 - Equipe - EEP Baja - Escola de Engenharia de Piracicaba
Carro 51 - Equipe - PAC BAJA - Universidade Estadual Paulista - Bauru
Carro 55 - Equipe - Tec Ilha Baja - Universidade Estadual Paulista - Ilha Solteira
Carro 56 - Equipe - Piratas do Vale - Universidade Estadual Paulista - Guaratinguetá
Carro 57 - Equipe - Baja Mud Racing – Facens - Faculdade de Engenharia de Sorocaba
Carro 86 – Equipe TURUNA - Faculdade de Tecnologia de São José dos Campos
Carro 87 – Equipe UNIFEB - Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos

Minas Gerais (13 equipes/ 13 instituições)
Carro 5 – Equipe Baja UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais
Carro 9 – Equipe Komiketo Baja – UFSJ - Universidade Federal de São João del Rei
Carro 22 - Equipe Zebu Baja - Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Carro 34 - Equipe Saci - Universidade Federal de Itajubá – Itajubá
Carro 39 - Equipe UFV Baja Pererecas - Universidade Federal de Viçosa - UFV
Carro 44 - Equipe Cefast Baja SAE - Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais
Carro 64 - Equipe Baja-Unifeg - Centro Universitário da Fundação Educacional Guaxupé
Carro 65 - Equipe Camaleão - Centro Universitário Newton Paiva
Carro 67 - Equipe Espinhaço - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Carro 68 - Equipe Rampage Baja – UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora
Carro 71 - Equipe PUC-Minas Baja Racing Team - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
Carro 81 - Equipe Mountain Baja - Universidade Federal de Itajubá - Itabira
Carro 85 - Equipe Cerrado de Baja SAE - Universidade Federal de Uberlândia

Rio de Janeiro (9 equipes/ 8 instituições)
Carro 23 – Equipe Mud Runner 2 - Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro
Carro 24 – Equipe Mud Runner 1 - Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro
Carro 27 – Equipe Minerva Baja - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Carro 28 – Equipe UFF Baja - Universidade Federal Fluminense - Volta Redonda
Carro 40 – Equipe Tuffão Baja SAE - Universidade Federal Fluminense – Niterói
Carro 42 – Equipe Ali Babaja - Universidade Federal do Rio De Janeiro - Macaé
Carro 47 – Equipe Reptiles - Pontifícia Universidade Católica
Carro 52 – Equipe Caledônia Racing Baja SAE - Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Carro 80 – Equipe Ucam Baja - Universidade Candido Mendes

Espírito Santo (3 equipes/ 3 instituições)
Carro 13 – Equipe Vitória Baja - Universidade Federal do Espírito Santo
Carro 36 – Equipe FAESA Baja - Faculdades Integradas Espírito - Santenses
Carro 43 – Equipe SamaBAJA - Instituto Federal do Espírito Santo

SUL (3 Estados – 15 equipes – 15 instituições)

Santa Catarina (3 equipes / 3 instituições)
Carro 8 – Equipe UDESC Velociraptor Baja SAE - Universidade do Estado de Santa Catarina
Carro 10 – Equipe UFSC Baja SAE - Universidade Federal de Santa Catarina
Carro 73 – Equipe Unibaja Univille - Universidade da Região de Joinville

Rio Grande do Sul (5 equipes / 5 instituições)
Carro 12 – Equipe Baja de Galpão – UNISC Universidade de Santa Cruz do Sul
Carro 16 – Equipe Mas Baja Tchê - Fundação Universidade De Passo Fundo
Carro 58 – Equipe Bombaja UFSM- Universidade Federal de Santa Maria
Carro 69 – Equipe URI BAJA - Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões
Carro 84 – Equipe Bajagual - Universidade de Caxias do Sul - Campus Região dos Vinhedos

Paraná (7 equipes / 7 instituições)
Carro 14 – Equipe UFPR Baja SAE Universidade Federal do Paraná
Carro 29 – Equipe Imperador Baja SAE - Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Curitiba
Carro 41 - Equipe - ProcoBaja - Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Cornélio Procópio
Carro 74 – Equipe Pato BAJA - Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Pato Branco
Carro 77 – Equipe Londribaja - Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Londrina
Carro 78 – Equipe Gralha Azul - Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Ponta Grossa
Carro 79 – Equipe Baja Cataratas - Universidade Estadual Do Oeste Do Paraná - Unioeste