Demanda de novos pedidos aquece produção nas duas unidades da Tenaris Confab, em Pinda

A produção também está melhor na unidade Equipamentos da Confab, que fica em Moreira César


Instalações da Tenaris Confab, no bairro Cidade Nova, em PindamonhangabaInstalações da Tenaris Confab, no bairro Cidade Nova, em Pindamonhangaba (Foto : AgoraVale / Lucas Lacaz)
A economia de Pindamonhangaba, hoje totalmente dependente do que ocorre no setor industrial, volta a ter um bom momento. Novos investimentos que chegam aquecem o mercado de trabalho e traz mais oportunidade para um grande número de desempregados que residem no município.

Na tarde de terça-feira (2), um grupo de trabalhadores da Tenaris Confab, do bairro Cidade Nova,  aprovou a implantação da jornada 6x2, e assim a fábrica voltará a operar com três turnos na unidade Tubos. A mudança está sendo aplicada para atender a demanda de novos pedidos, de vários clientes, para fabricação de Conectores, os anéis que ligam um tubo de aço ao outro nas tubulações de petróleo e gás.

Para criar o novo turno haverá o remanejamento de 127 funcionários de vários setores. A nova jornada está prevista para começar na segunda quinzena deste mês. De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba (Sindmetp), a produção também está melhor na unidade Equipamentos da Confab, que fica em Moreira César. Após dois anos de work-sharing, com redução de jornada e redução de salário, o mês de abril será com jornada normal e salário integral.

A empresa localizada no distrito de Moreira César conseguiu novos pedidos para construção de equipamentos industriais e as negociações estão bem adiantadas para a assinatura desses novos contratos. De acordo com o Sindmetp, esses pedidos tem previsão de um ano e meio de trabalho, inclusive com expectativa de contratação ao longo desse período.

Herivelto Vela, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, comemora a medida, que na sua visão, é positiva. "Sabemos que mudança de jornada gera um certo transtorno, mas a nossa maior preocupação é o emprego. A fábrica ainda está em lay-off, em novembro tivemos uma dura negociação para evitar demissões em massa. Com certeza, essa medida é um alívio. Na negociação, conseguimos incluir o pagamento de horas-extras a 100% nos dias de folga e feriados", disse Vela.

As duas unidades da Tenaris empregam cerca de 1.200 trabalhadores em Pindamonhangaba.


Com informações do Sindmetp

anuncio