14 de novembro - Aniversário da cidade "Esquina do Brasil"

Município destaca-se pelo importante polo educacional com universidades como USP, Unisal e Unifatea


LorenaLorena (Foto : Divulgação/Prefeitura)

Hoje, 14 de novembro, é dia de festa em Lorena, promissora cidade do Vale do Paraíba. Famosa por sua estrutura educacional como o Colégio São Joaquim (onde estudou Euclides da Cunha), a universitária cidade de Lorena experimenta um novo período de industrialização e crescimento econômico.

É conhecida carinhosamente por “Terra das Palmeiras Imperiais” ou ainda como “Esquina do Brasil” - porque no passado era a primeira cidade do Estado na divisa com o Rio de Janeiro e Minas. Hoje, o município destaca-se pelo importante polo educacional com universidades como USP, Unisal e Unifatea que oferecem ensino superior de qualidade. No desenvolvimento econômico, a cidade se coloca como uma forte opção por sua política de atração de empresas.

Origem do povoado - Expedições de bandeirantes pelas trilhas indígenas do Vale do Paraíba vinham de São Paulo de Piratininga e era necessário fazer a travessia do Rio Paraíba do Sul. Os mais antigos documentos que se tem notícia sobre os tempos primordiais do município de Lorena evocam o bandeirantismo e a situação geográfica das terras que ficavam nos sertões de Guaratinguetá.

Para chegar a Minas Gerais, os desbravadores passavam por um local denominado Porto de Guaypacarés. E foi nesse local que surgiu o primeiro núcleo povoado, com o nome de “Vila da Terra de Bento Rodrigues Caldeira” e depois denominado “Vila de Nossa Senhora da Piedade”. Os índios chamavam a conheciam como Guaypacarés (esse foi o primeiro nome de Lorena), que significa ‘braço da lagoa torta’, porque na época, o Rio Paraíba tinha ali um braço de água.

O nome atual foi instituído no dia 14 de novembro de 1788, por decreto do então governador de São Paulo, do Capitão-General Bernardo José de Lorena. No lugar da pequena capela, construída em 1698, graças às doações de Bento Rodrigues Caldeira, João de Almeida e Pedro da Costa Colaço, e participação importante do Conde de Moreira Lima, ergueu-se a bela Catedral de Nossa Senhora da Piedade.

Retomada do crescimento - Para receber novos empreendimentos, a cidade saiu do marasmo e fez acontecer. O governo municipal aprovou leis de incentivos fiscais como isenção de IPTU e redução de ISS e agora colhe os frutos ao receber vários investimentos em seu parque industrial que abriga já importantes empresas em variados setores, bélico, aeroespacial, químico, alimentos, de transformação, entre outros.

Lorena é estratégica para empreendedores,  um oásis entre as duas maiores cidades do país. Dista 180 quilômetros de São Paulo, 220 do Rio de Janeiro e 80 quilômetros do sul de Minas. O município tem como prefeito Fábio Marcondes (PSDB) e sua população está na casa dos 85 mil habitantes.

O Portal Agoravale cumprimenta o laborioso povo lorenense pelo transcurso de mais um aniversário.


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.