As lições deste último verão

Verão, Chuva, Desastres, Clima


Precisamente hoje, às 18h58min, abre-se a temporada de Outono, com as folhas amarelando, caindo e já enfeitando as ruas de algumas cidades da região...mas, e o verão? Este, despede-se de nós com a galeria da fragilidade do nosso meio ambiente estampada no front, deixando para aquela que chega, o resultado de mais uma estação bastante chuvosa na região.

Novamente, mais uma vez e, como no popular "parece que nunca muda!!", o Vale do Paraíba, a Serra da Mantiqueira e, principalmente, o Litoral Norte sofreram com as intensas chuvas, quedas de barreiras e alagamentos. 

Transtornos "corriqueiros" da estação, sim, mas onde as consequências dos nossos atos perante o Planeta Terra ficam cada dia mais simples de se observar. Uma pequena alteração da temperatura das águas do Oceano Pacífico na região do Equador, gera alguns problemas por aqui. E caso perceba, querido leitor, a realidade desses fatos está cada vez mais bruta e ferindo cada vez mais pessoas.

Nossa região é uma região úmida por natureza, estamos na faixa do Trópico de Capricórnio, e nesta época do ano é normal que tenhamos um aporte de chuva muito alto, contudo, a intensidade em que as tempestades estiveram se perfazendo nestes últimos anos apenas corroboram, em muitos aspectos, o que meteorologistas já afirmam há anos.

Sendo a nossa ação o descaso com o meio no qual nos inserimos, sem consciência dos atos que praticamos, a realidade tornar-se-á um pouco desagradável. E não pense você que isto será para a próxima geração não, pois a próxima geração somos nós!

Elevação de poucos graus na temperatura do ar, como percebemos a cada novo verão que chega, nos dá a sensação de impotência perante o futuro. Qual será a temperatura máxima que atingiremos? A que ponto o Planeta Terra aguenta? Serão os próximos verões de mais desgraças e tragédias? Já não temos tantas histórias para nos entristecer?

Para recordar: Serra de Caraguatatuba em 1967, sendo um dos piores vistos na região...  segue-se então a Tamoios com as incontáveis - e infindáveis - quedas de barreiras. Campos do Jordão sempre sofrendo com chuvas, alagamentos e quedas de barreiras. Já tivemos São Luiz do Paraitinga e o "quase fim" da cidade da alegria e da marchinha em 2010, entre tantos outros alagamentos e caos em quase todas as cidades da região...e por aí vai.

Histórico não falta. O prejuízo é retratado nos jornais, diarimente.

A atual transformação do clima coloca o ser humano em situação vulnerável. Se pensarmos no curto prazo, o próximo verão já se aproxima, e sabemos que vem chuva, raios, tempestades e todos os transtornos os quais estamos cansados de ver, ouvir, passar e repetir sobre tudo isso.

Mas que venha o charmoso outono! A estação de transição que ainda promete ser quente, permitindo-nos assim, tempo para pensarmos sobre o futuro, elucidarmos ideias com as lições deste verão passado e buscarmos, dentro de uma boa perspectiva, a reformulação dos nossos conceitos para melhor cuidarmos do meio ambiente, o que é função e dever de todos.

Bons ventos!

Até breve!!!

728x90