Tecnologia e sustentabilidade: 3 soluções para qualquer empresa

Software de gestão de resíduos sólidos


Desde o século passado, nações de todo o mundo já se preocupavam com os impactos das atividades humanas sobre o meio ambiente e buscavam soluções para a preservação do planeta. Apesar de a palavra sustentabilidade parecer um tanto quanto nova, o tema já era o centro de eventos importantíssimos como a Conferência de Estocolmo (1972, Suécia) e a ECO-92 (1992, Rio de Janeiro).

E o que mudou desde então? Muita coisa. A produção de resíduos sólidos aumentou exponencialmente, paralelamente ao crescimento econômico das grandes potências e também de países emergentes. De acordo com a ONU, até 2018 a humanidade já chegou a marca dos 2 bilhões de toneladas de lixo produzidos por ano. Atualmente, o Brasil está na quarta posição entre os maiores geradores de lixo plástico no mundo, atrás apenas dos EUA (1º), China (2º) e Índia (3º).

No entanto, a ciência e a tecnologia têm avançado, pesquisando e buscando soluções sustentáveis para aliar o desenvolvimento econômico à redução dos impactos ambientais causados não só pelas emissões de resíduos sólidos, mas também pelas demandas de matérias-primas e fontes energéticas vitais à produção de tudo que se necessita no mundo moderno.

Empresas como a brasileira Natura atua na extração sustentável de seus insumos e emprega uma gama de embalagens com menos plásticos e refis para embalagens não retornáveis.

Outras empresas empregam alta tecnologia de reaproveitamento de seus resíduos de produção como o Mcdonalds, que utiliza o óleo de sua fritadeiras como biodiesel para mover suas frotas e abastecer transportar seus ingredientes para suas lojas.

Outro caso bem-sucedido que alia alta tecnologia à reaproveitamento de resíduos sólidos é a Ypióca. O bagaço da cana usado em sua aguardente é transformado em papelão e também em combustível para uma usina elétrica que gera energia para a própria fábrica.

No entanto, não é necessário ser uma multinacional ou um grande produtor para contar com tecnologias capazes de tornar uma empresa mais sustentável. Há uma série de soluções acessíveis para negócios de todos os portes e segmentos. Confira.

Computador em nuvem

As rotinas administrativas de qualquer empresa precisam ser controladas e registradas, gerando uma série de arquivos e dados importantes e que precisam ser mantidos por tempo indeterminado. A digitalização de documentos não é nenhuma novidade e muitos processos já foram automatizados, tanto nas prestações de serviços públicos, emissões de notas fiscais e documentos e até procedimentos financeiros e bancários.

Ainda assim, há uma grande quantidade de dados que precisam ser armazenados com segurança e em servidores robustos. A tecnologia cloud computer, também conhecida como armazenamento em nuvem dispensa o uso de servidores na sede da empresa, economizando energia para seu funcionamento e climatização.

Software de gestão de resíduos sólidos

Grande parte das empresas brasileiras deve cumprir uma série de obrigações ambientais em suas atividades, principalmente a gestão de resíduos. Essa rotina exige a redução, identificação, manejo adequado, transporte e disposição final dos resíduos sólidos, além de controle e registro de todas as etapas. Softwares de gestão de resíduos sólidos, como o desenvolvido pela VG Resíduos auxilia na automatização do processo, emite relatórios e ainda permite que as empresas comercializam seus resíduos com tratadores especializados. A solução da startup foi premiada no 8º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria no Espaço Sebrae.

Gestão energética

A automação predial é uma grande aliada para cortar custos de produção, evitar desperdícios e reduzir a demanda por energia elétrica. Sistemas inteligentes são capazes de ligar e desligar equipamentos, controlar a iluminação, regular a temperatura e monitorar o funcionamento de equipamentos de maneira integrada, prevenindo desgastes e aprimorando os períodos de manutenção.

728x90