História oculta da Terra descreve ciclos de várias humanidades e desfechos apocalípticos


O planeta Terra tem os dias contados? Há algo que as autoridades mundiais escondem e que a população não pode saber, pra que se evite histeria coletiva?
O que se pode avaliar, de acordo com os grandes centros de pesquisas espaciais e astrônomos profissionais é que esse mundinho azul chamado Terra não está e nunca esteve blindado contra uma catástrofe universal. 
 
O planeta é constantemente atingido por meteoritos, meteoros e possui marcas de colisões com asteroides ao longo de sua existência. A atual tecnologia, contrariando os mais otimistas, não consegue detectar um corpo celeste vindo de encontro a Terra, a não ser após o atrito de entrada desse corpo na atmosfera terrestre. Preocupante!
 
Há uma data para o fim?
 
O mundo parece ter ciclos de desenvolvimento, humano, social e tecnológico, e periodicamente entra em colapso, como tudo aquilo que tem vida e experimenta seu nascimento, crescimento e morte. Em tempos apocalípticos, sobram versões, ‘experts’ escrevem sobre cometas e planetas “invasores” como se tudo estivesse já programado por meio de uma data específica. Também são lançadas aos quatro ventos teorias de conspiração, e assuntos suspeitos relacionados ao que antigas civilizações deixaram em forma de seus registrios. No caso, a grande vedete do ano de 2012 foi o Calendário Maia. Enfim, o mundo não acabou!
 
Raças Raizes e Sub-raças
 
AtlântidaAtlntida Maya Alice Eckman, falecida ocultista e historiadora brasileira que morava em Peruíbe-SP escreveu vários artigos e livros onde abordavam as diversas antigas civilizações e remotas humanidades. Maya seguia os ensinamentos das correntes teosóficas e gnósticas. Ambas defendem que a Terra está atualmente no limiar da sua quinta raça, fechando o ciclo da 7ª sub-raça (Cada Raça Planetária é formada por 7 sub-raças).

Empiricamente falando, cada uma das quatro Raças Planetárias anteriores à que vivemos foram destruídas por uma hecatombe universal, o que lembra a historia do dilúvio bíblico. Pelo menos, assim revelam documentos de antigos povos, algo que já não é mais nem tão secreto. Sob essas interpretações, habitaram o planeta as seguintes raças: Protoplasmática, Hiperbórea, Lemuriana e Atlante. O período da ocupação humana em que vivemos corresponde à Raça Ariana, a quinta humanidade, que estaria prestes a desaparecer.

Cinco humanidades

A Raça Planetária Protoplasmática teria ocupado a região do Polo Norte há cerca de 100 milhões de anos. Eram humanos de constituição física semi-etérea. A segunda Raça Raiz, de humanidade também transparente, viveu na área também ao norte que compreende a Groelândia, países nórdicos e parte das ilhas da Bretanha. Dela, resultaram os mitos atuais dos povos Vickings. 

Quando o mundo se materializou definitivamente, a terceira raça surgiu na Lemúria, com seres gigantes - os primeiros de constituição material - que viveram durante o período da Pangeia (os continentes ainda formavam um só bloco). Esse povo sucumbiu em uma grande hecatombe e seus vestígios de hoje são as grandes esculturas da Ilha de Páscoa, e restos de civilizações na Indonésia, Malásia e Austrália.

A quarta raça, a vermelha, foi de Atlântida, que deixou como vestígios tudo o que hoje surpreende os arqueólogos em todo mundo, como as construções ciclópicas, muitas formadas de uma só pedra de várias toneladas, como a "Porta do Sol" na altiplano boliviano. Os atlantes deixaram suas marcas, no Brasil, Peru, México, América Central e parte da Península Ibérica.

Sua grande população desapareceu no oceano após um terremoto. Centenas de sobreviventes levaram os conhecimentos para o norte da África, onde floresceu a civilização egípcia.

A quinta raça é a Ariana, nossa atual humanidade. Teve início com os povos egípcios e do Oriente onde criou cidades fantásticas. Espalhou-se pelo velho mundo e chegou até os demais continentes. Se confirmarem as teorias gnósticas, teosóficas e previsões registradas nos escritos sagrados de antigos povos, a raça ariana está em vias de extinção, a exemplo das outras, desaparecendo com um cataclismo de grandes
proporções.
 
O nascimento da sexta Raça Raiz deve coincidir com uma nova Idade do Ouro. 

 

728x90