Vamos descomplicar?


Assim cantava uma banda do meu tempo de adolescência: “O mundo anda tão complicado”, procurando ler a realidade do mundo que nos cercava. Tantos anos depois, o mundo continua complicado, a intolerância cresce, o ser humano prefere perder muito do seu tempo com “quinquilharias” da vida, deixando de participar intensamente do melhor de tudo.

Recordo a inesquecível Cora Coralina quando dizia: “Em qualquer parte da terra um homem estará sempre plantando, recriando a vida, recomeçando o mundo”, dom maravilhoso que Deus nos concedeu, mas que deixamos escapar pelas nossas mãos, por elencar outras tantas preocupações desnecessárias do dia a dia.

Corremos, desesperados, contra o tempo, que segue sua sina, oferecendo oportunidades variadas de beleza, mas sem que as contemplemos, pois parece que a arte de contemplar não é mais nossa prática habitual.

Vida feita de lembranças, de recordações... como é bom contemplar, como é bom dar ao tempo da vida, a oportunidade de encantar-se com o mundo que está ao nosso redor, com sua natureza, mesmo que ameaçada, ainda insistindo em nos dar o que tem de melhor. É urgente dar ao coração um espaço para respirar o ar mais puro, descansar o olhar em belas paisagens, deixar o coração serenar escutando a melodia harmoniosa de uma montanha ou um campo. É possível sim, dar uma chance à vida! Desafio necessário que sempre teremos desculpas para não encarar. Desgastamo-nos, conscientemente, e nada fazemos para mudar esse rumo.

Dê uma chance ao seu coração! Deposite um pouquinho de esperança em sua vida!

Na simplicidade das coisas mais corriqueiras, podemos recomeçar o mundo! Plante, recrie a vida, seja o melhor de você mesmo!

728x90