Seguindo nosso retiro espiritual

Vejo a Quaresma como essa grande oportunidade de experimentarmos o amor infinito de Deus por todos nós


Caro leitor, seguimos o nosso tempo quaresmal, como nos propõe pedagogicamente a Igreja, para um caminho de maior recolhimento, oração e conversão.

               Vejo a Quaresma como essa grande oportunidade de experimentarmos o amor infinito de Deus por todos nós, ao manifestar por Seu filho Jesus, o maior gesto de entrega. A Cruz tem sempre a nos ensinar, sobretudo quando nos sentimos desanimados na fé, quando sentimos que tudo conspira contra a gente, quando somos "traídos" por pessoas e acontecimento e sentimos o chão se abrir diante de nós.

               Não contemplemos distraídos esse acontecimento da morte de Cristo, mas deixemos que nossos olhares demorem diante dessa cena tão horrível, que o Filho de Deus aceitou passar por amor a mim e a você.

               Ó Santa Madeiro, onde o sangue salvador registrou suas gotas de misericórdia, inunda os nossos corações com esse amor, restaurando nossas fraquezas e misérias, colocando-nos novamente em pé, diante do medo e da apreensão da vida. Necessitamos ser amparados pelo seu olhar destruído na Cruz. Eis os filhos que o Senhor confiou à sua Mãe, necessitamos do seu amparo!

               Viver cada momento dessa Quaresma, com os sacrifícios que buscamos e as penitências que oferecemos, devem recordar que Ele espera um coração mais manso e justo de cada um de nós. "Rasgai os vossos corações e não as vossas vestes", recorda-nos a Palavra da Salvação.

               Que esse retiro que estamos vivendo, esteja sendo essa rica oportunidade de buscar uma vida nova, com atitudes novas, mesmo custando muito, pois esse é o sentido do sacrifício.

anuncio