Identificados com a bondade de Deus

Não tenhamos medo de buscar o nosso Deus, não resistamos ao bem!


Sabemos que o ser humano, desde toda sua existência, em algum momento da vida, sempre se indagou sobre o seu próprio sentido. É natural que nos questionemos sobre nossa origem e o porquê de estarmos aqui.

                Gosto sempre de citar o Catecismo da Igreja Católica quando diz: "O desejo de Deus está inscrito no coração do homem (...) Deus não cessa de atrair o homem para si" (27) e, a partir dessa afirmação, sentir o imenso amor de Deus por nós, seus filhos e filhas.

                Aqui, identificamo-nos com esse Deus, que como escreve São João, Ele é amor. Somos criados a imagem e semelhança de Deus, que é todo misericórdia e bondade. Dessa forma, somos identificados com a bondade.

                É triste sentir que muitos se distanciaram de Deus, buscando modos tão egoístas de viver, caindo na indiferença para com os valores da vida. O ser humano tem deixado de viver a bondade em seus relacionamentos, tornando-se intolerante e agressivo.

                Deus está sempre a nossa espera, Ele deseja que retornemos para esse abraço de Pai e oferecerá para cada um o banquete da vida. É o filho que volta da morte e deseja viver novamente. É preciso, pois, fazer festa, pois o nosso Deus é o Deus da festa e da alegria.

                Não tenhamos medo de buscar o nosso Deus, não resistamos ao bem! Deus espera de nós, sempre mais, gestos de bondade e mansidão.

                Deus abençoe você!

anuncio