Falando de nós


Caro leitor, essa agradável e responsável forma de nos relacionarmos, partilhando o pensamento, é uma forma de expor um pouco do que somos e daquilo em que acreditamos. É sempre bom recordar, que nunca devemos deixar de valorizar as diferenças no modo de pensar, de ser e agir. O que hoje presenciamos, com tristeza, é a intolerância no comportamento humano. Como é desagradável presenciar tantas discussões, segregações e até mesmo violência por conta das diferenças humanas. Muitos, ainda, acham que ser diferente é ser inimigo.

Precisamos aprender a enxergar o ser humano como um ser inacabado, em feitura, que tem, na travessia da vida, a oportunidade de amadurecimento, de crescimento, de conquistas. A vida é uma escola que, o tempo todo, tem sempre algo novo a nos ensinar. Não deixemos que a arrogância tome conta de nós, tornando-nos pessoas prontas, perfeitas, sem incapacidade alguma. Essa postura é a confirmação do nosso fracasso, dessa inadequação que decreta nossa falência.

Resta-nos conhecer melhor quem somos, verificar nossas capacidades e nossas qualidades e então ter a coragem de viver com mais dignidade, respeitando a nós mesmos e, por conta disso, respeitando mais o outro.
Não é fácil de reconhecer nossas misérias, ter de assumir que já fizemos escolhas erradas, que erramos muitas vezes. Sábio é o homem que sabe recomeçar todos os dias, de cabeça erguida, sabedor de que podemos sempre aprender com nossos erros e, assim, tornarmo-nos pessoas mais qualificadas.

Nossa sociedade anda carente de comportamentos maduros, de pessoas mais humanas, de valores, de crenças. Tudo isso pode tornar nosso meio social mais leve, mais equilibrado, mais harmonioso.

A opção é nossa! O mundo que desejo melhor, começa no momento que dou o primeiro passo para isso!

anuncio