Coluna Poucas e Boas está de volta com o verdadeiro bastidor da política

Tudo leva a crer que este ano poderá ser marcante no que tange as eleições municipais de Pindamonhangaba


"A prova que a luz é mais rápida que o som, é o fato de certas pessoas parecerem brilhantes até as ouvirmos falar."

Voltamos
Depois de insistentes pedidos e considerando a importância de 2020 como ano de eleições municipais, cá estamos de volta com a nossa coluninha. Esperamos estar aqui com vocês travando o bom combate e atendendo solicitações. Ao mesmo tempo, seremos o porta-voz das comunidades junto ao poder público.

Vai ser dada a largada
Tudo leva a crer que este ano poderá ser marcante no que tange as eleições municipais de Pindamonhangaba. De um lado, a situação, com o prefeito Isael Domingues (PR), ainda contestado por alguns, mas que vem apresentando trabalho, uma verdade que, por óbvia, dispensa comprovação.  Nesta semana, Isael fechou com o Podemos, partido dirigido pelo jovem Rodrigo Godoy.

Ego inflado
Política não é para leigos! Na eleição passada, um candidato conhecido no comércio no centro lançou seu nome para vereador. Em cada ponto da cidade ele dizia alvoroçado: "Do jeito que eu conheço gente em Pinda, pode apostar, vou ter mais de 5 mil votos!"
As urnas de 2016 foram abertas e, no final, o candidato somou pouco mais de 120 sufrágios! É como se diz no Nordeste: "Desgraça do pote é o caminho do riacho."

Lerário
Vito Ardito Lerário chegava na tarde de ontem (15) na sua emissora de rádio, quando foi recebido por um grupo de pessoas. O ex-prefeito cumprimentou a todos e entrou para gravar o seu programa, aliás, Vitão vem usando mais o espaço que tem a seu dispor para manter firme seu eleitorado. No decorrer dos dias poderemos avaliar melhor as alianças que ele vai compor.

Quem vem?
A cúpula que formava o antigo Partido Popular Socialista (PPS) de Pindamonhangaba nos confirmou que o ex-prefeito João Ribeiro está de volta à política. JR está sem partido, enquanto Luiz Rosas dirige atualmente o PROS. Segundo Luiz, a dupla está articulando uma chapa com a qual pretende disputar as eleições para a Prefeitura de Pindamonhangaba em outubro de 2020. A legenda ainda não está definida.

E o Torino?
Conversei com Paulo Sérgio Torino, diretor do Senai, que já disputou duas eleições pra prefeito em Pindamonhangaba. Torino, filiado ao PSD, vem sendo muito cogitado para se sentar e compor com Isael Domingues, ou com Rafael Goffi (PSDB) ou com Vito Ardito (PP).
Ele nos confidenciou que pode ser candidatar em 2020, mas depende das decisões do seu partido. E confirmou ainda o seguinte: caso venha, será candidato a prefeito.

Apoio de Dória
O vereador Rafael Goffi (PSDB) foi um dos primeiros a se manifestar por uma candidatura a prefeito em 2020. Parlamentar mais votado em 2016, o jovem tucano conta com os recursos de campanha que devem vir do governo Dória e promete acirrar a disputa política na cidade.
No entanto, vai ter que controlar uma ameaça de debandada de tucanos do ninho, de acordo com o que outro passarinho me contou.

Time do R
Dentro da Câmara de Pindamonhangaba existe o chamado "Time do R". Ele é formado por vereadores que tem a letra 'R' iniciando o primeiro nome e todos fazem oposição (ou faziam) ao prefeito Isael Domingues: Rafael Goffi, Ronaldo Pipas, Roderley Mioto e Renato Cebola.
Acontece que, Isael já teria negociado o apoio de Renato Cebola para à sua candidatura e outro que pode seguir para o lado do prefeito é Mioto. Mas, será o Benedito? hehehe

Goffi esclarece
O vereador Rafael Goffi manteve contato conosco e não confirmou a saída de vereadores do seu grupo de apoio, aliás, ele garante que o Time do R está fechado com ele. Goffi disse que tem novidades para a próxima coluna. 

Esquina do entulho
O prefeito Isael bem que poderia dar uma atenção especial para as reclamações de quem mora próximo das ruas Joaquim Belo do Amorim e Carlos Goffi Goulart (Campo Alegre). O povo enche um terreno baldio na esquina com todo tipo de entulho, parece 'bazar de desapego'. A Prefeitura limpa no dia seguinte, mas no final do dia está tudo igual.


Quem sabe, desapropriar a área e criar ali um dispositivo de trânsito com uma pequena praça seria um ponto final nessa questão que dura várias administrações.

Participação do NOVO / Taubaté

"Informamos aos nossos filiados e apoiadores que não teremos candidatos nas eleições municipais neste ano.

Realizamos o processo seletivo para escolha de possíveis candidatos à prefeitura, tendo como resultado uma reprovação e uma desistência. Agradecemos aqueles que participaram deste processo seletivo, em especial a todos os filiados, doadores e simpatizantes que colaboram com o projeto de renovação política em Taubaté.

Política não é só eleição. Nossos 26 representantes eleitos continuam mostrando na prática os nossos princípios e valores.

Nosso projeto é de longo prazo. Acreditamos que somente com muito trabalho iremos construir o Brasil e uma Taubaté que queremos. O NOVO Taubaté continua firme com seu propósito de melhorar a nossa cidade."

*Núcleo do NOVO Taubaté

Denúncia do COMUS/Taubaté
Senhores Editores,
Solicito avaliar e divulgar.

Após denúncia deste Conselho ao Ministério Público sobre as condições nauseabundas da cozinha do HMUT, a SPDM, gestora do hospital, iniciou as obras de reforma do esgoto do local na manhã de hoje.

Todavia, sem isolar o ambiente e concomitantemente à feitura dos alimentos. Os funcionários relatam que o fedor de fezes está insuportável.

O ralo com restos de alimentos está ao lado dos fogões e da pia de preparo dos alimentos. O segundo ralo, também com restos de alimentos, está na área externa contígua à cozinha.

Cordiais saudações.

Conselheiro Joffre Neto
Presidente

Resposta da Prefeitura de Taubaté
Ao contrário do que foi divulgado pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde (Comus) de Taubaté, o problema na rede de esgoto da cozinha do Hospital Municipal Universitário de Taubaté (HMUT) é antigo e já vinha sendo objeto de alertas recorrentes por parte da equipe de nutrição à antiga administração. Assim que assumiu a gestão do HMUT, a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) fez uma manutenção na rede de esgoto. Como o problema voltou a ocorrer, houve a decisão de se fazer uma reforma na rede para a resolução definitiva do problema.

As obras começaram nesta quinta-feira. Durante a sua execução, os serviços de nutrição do hospital estão paralisados e será fornecida alimentação de forma externa para pacientes e funcionários, garantindo a segurança a todos.

Contato: poucaseboas.agoravale@gmail.com