Brasil, Rumual Ekssa!!!


"A simpatia faz amigos; o interesse, companheiros"
Dito Popular

Brasil, Rumual Ekssa!!!
EkissaEkissa Superfaturamento nos Estádios 10 x 0 Investimentos na Educação!!! Propositalmente ou não, o muro pintado em 2006 por um brasileiro anônimo acabou virando o ícone do total desprezo que os governantes demonstram com a Educação em qualquer cidade dessa pátria sem chuteiras. Independente se o Estado é governado pela esquerda ou direita.
Copa vai ter, só não sei se vai ter copo para a oposição do PT comemorar, caso o Brasil perca novamente em casa o Mundial (64 anos depois). Seria o "Maracanazzo" de Dilma!
O clima é quase de total indiferença, com as lojas abarrotadas de bandeiras e camisas que não têm saída! Nas ruas, ninguém pinta mais no asfalto os desenhos de jogadores, nem estrelas do Hexa, e nem decoram a frente de casa com bandeirolas verde e amarela.
Não vai ter Copo!!! 
 
Trilha de micos
O atual momento político de Pindamonhangaba deixa atualmente uma trilha de ocorrências cômicas, com forte conteúdo de bufões, aqueles que divertiam os antigos monarcas. Se o prefeito Vito Ardito bater palmas, certos vereadores dão piruetas, contam piadas, rolam, se fingem de morto, e fazem mímica. Outros tentam aparecer de todas as formas, seja em velório, enterro, bodas, festa de criança, divórcio e torneio de palitinhos.
No caso dos enterros, o vereador Cal reinou absoluto durante anos, mas vem ganhado rivais à altura nesse quesito, ou será que alguém discorda?... hehehe

A beira de um ataque de nervos
A visita do atleta Luiz Gustavo, da Seleção Brasileira à sua terra natal foi outro acontecimento que ouriçou os nobres edis, principalmente os que representam o distrito de Moreira César, os prezados Carlos Magrão e Professor Éric. Esse último teve que pular o alambrado do estádio 'Zito' para tentar entregar um troféu. A equipe de segurança do atleta, porém, não permitiu que os dois parlamentares participassem da premiação e tiveram que se contentar com fotografias. 
Pô, mas nem uma selfie com o cara? Deu bico! 

Ana Karin, com "karinho"
De volta à prefeitura de Cruzeiro, após muito "arranca-rabo" com a Câmara Municipal, a prefeita Ana Karin de Andrade mudou a estratégia e agora está em busca de mais proximidade com os vereadores. É a velha história: Coelho, antes magro no mato, do que gordo no prato.
Afastada três vezes pelo Legislativo, por não responder aos requerimentos e questionamentos enviados pela Casa, a prefeita loira do Vale Histórico se reuniu com a bancada, mas já percebe que é quase irreconciliável esse rompimento com o Legislativo da Cidade Menina! 

Coletiva de Imprensa
Coletiva de Imprensa já não é fácil pra jornalista nenhum, mas são ossos do ofício. Agora, imaginem quando está a roda formada, apertada por fotógrafos, repórteres e cinegrafistas, e todos esperam a personalidade que vai ser entrevistada, no caso, o governador Geraldo Alckmin. Aí vem e entram no confinamento, seguranças do 'homi', o prefeito da cidade, que por sua vez quer encaixar a esposa e a filha. E pisam no pé de um, esbarram no gravador de outro... Lembram-se daquela música do Titãs? ... "Cachorro, pato, galinha! Família!" Todo mundo quer sair bonito na foto! 
Meus sais, por favor, como diria o jornalista taubateano Diniz Junior.

Filipinho danadinho
Em Cunha, o prefeito Osmar Felipe Junior (PSDB) também anda recebendo uns 'pé do ouvido' do Ministério Público que quer saber porque não foram realizadas licitações para a compra de diversos produtos como madeira, pneus, pães. O MP ajuizou ação cível no TCE, que pode levar a uma condenação de Filipinho por improbidade administrativa e perda dos direitos políticos por 8 anos. 

CEI da Dengue
Em Taubaté, a Câmara abriu na sessão ordinária (ordinária no bom sentido) de quarta-feira última uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar supostas irregularidades cometidas pela prefeitura nos gastos com o combate à dengue. 
A criação da CEI recebeu apoio dos vereadores Alexandre Villela (PMDB), Douglas Carbonne (PCdoB), Luizinho da Farmácia (PROS), Nunes Coelho (PRB), Noilton Ramos (PSD), Paulo Miranda (PP), Vera Saba (PT), Rodrigo Luis Silva (Digão - PSDB), Salvador Soares (PT) e Pollyana Gama (PPS). Os vereadores Jofre Neto e João Vidal, ambos do PSB, não assinaram o documento de abertura da CEI. Por sua vez, a vereadora Maria das Graças Oliveira (PSB) não esteve presente na sessão desta quarta.  Já vi esse filme!

Epidêmica desde 2010
É provável que role até mesmo um "Censo da Dengue", que vai comprovar realmente o quadro atual da saúde pública taubateana! Na hora que o chicote come no lombo é que você vê quem é que tem o couro duro! E essa dengue em Taubaté vem de longe...  Houve negligência de governantes e governados. 
A divulgação do surto já comprovado ocorreu em 2010, na época do prefeito Roberto Peixoto.  
O presidente do Legislativo, Carlos Peixoto (PMDB), sobrinho do ex-prefeito, questiona os números divulgados atualmente pela Prefeitura, que apontam 2.754 mil casos confirmados. 
O vereador afirma que há, pelo menos, 20 mil casos de dengue no município. Inclusive ele chegou a contrair a febre há cerca de um mês.

Novo vírus
E agora, com o povo catando tostão na ventania, eis que surge mais uma novidade tenebrosa: há um novo vírus no ar, transmitido pelo Aedes Aegypt, segundo alerta a Organização Mundial de Saúde (OMS). De acordo com o órgão, foram registrados casos em regiões da Ásia e África, na Itália, Martinica, Guadalupe, Guiana Francesa, Estados Unidos e já há três casos identificados no Brasil.
Com o aumento do número de estrangeiros no país por conta da realização da Copa do Mundo, o alerta vem para mobilizar ainda mais esse combate! 

Brasileiro é f...
O brasileiro é sem foco mesmo. Parece que amadureceu um pouco quando se trata de política, passou a cobrar, exigir, mas ainda de forma desordenada. E o vandalismo se apodera da falta de planejamento, isso sem contar essas abomináveis bandeirolas de MST, PSOL e o caramba a quatro que se alimentam do caos social. Queimam ônibus, mas políticos não andam de ônibus.
Protestos contra a Copa do Mundo tinha que ser antes dos gastos absurdos e desvios milionários. É o mesmo que apanhar na cara, não entender porque apanhou e depois comentar com a família: “Machucaram meu nariz, mas o cara ficou com o pulso aberto!"

Sururu na audiência
Na Audiência Pública da Saúde realizada na Câmara de Pindamonhangaba, a convite do vereador Professor Osvaldo, sobrou para a secretária de Saúde de Pindamonhangaba, Sandra Tutihashi, e também para o administrador da Santa Casa de Misericórdia da cidade, Camilo Alonso. Os vereadores bateram, a população cobrou veementemente, enfim, a parceria Prefeitura/Santa Casa volta a ser questionada. Aliás, tem quem já defenda um Hospital Municipal em Pindamonhangaba, a exemplo de Caçapava que possui o FUSAM.
Sandra disse que o prédio do Hospital Dia, que era da Unimed, foi comprado pela Prefeitura e que no local serão instalados o Hospital Infantil e a Saúde da Mulher. 

Dengue em Pinda
A cidade está dengosa (se me permitem o humor negro). Tem cidadão que nasceu em Pinda e que não mais diz ser um pindense, agora é pindengue. Segundo o último balanço fornecido pela Secretaria de Saúde do município, Pinda tem mais de 1.600 notificações de dengue.
Aí eu me lembro daquele munícipe descomprometido, relapso, que joga os entulhos do seu quintal no primeiro terreno baldio que encontra, ou aquele outro que tem prazer de jogar um sofá no riacho (no Jardim Imperial, Feital, Pasin, Ponte Alta, Araretama, Cidade Jardim, e por aí vai), e também pra senhorinha que varre o lixo da rua pra dentro do bueiro. Cidadania é manga de colete. 
Lembrem: Do mal que faz o lobo, se apraz o corvo!  

Foi mal, vereadores I
Ricardo da Cunha, morador do bairro Araretama teve seu pedido negado por 8 vereadores da Câmara de Pindamonhangaba, para o uso da Tribuna Livre no dia 19 próximo. O rapaz já havia feito uso da Tribuna, mas criou saia-justa na época porque criticou veementemente alguns vereadores. O cidadão Ricardo não deve ter se lembrado que preá quando chia está chamando cobra, mas, deixa pra lá... Penso eu que os parlamentares deram um tiro no pé.
Os vereadores que negaram o pedido foram: Felipe César, Martim César, Professor Eric , Osvaldo Negrão, Jânio Ardito, Toninho da Farmácia, Roderley Miotto e Carlos Magrão. 

Foi mal, vereadores II
Quem levantou uma lebre legal foi meu amigo jornalista Giovanni Romão no seu blog “Papo Sem Censura”, quando lembrou que vereadores novos e que nunca tinham visto Ricardo da Cunha fazendo uso da Tribuna, votaram contra o rapaz. O que está havendo meninos? O sistema’ está começando a imperar nessas quebradas daí? Vocês foram convidados para recompor o desfalcado time dos “caveiras”?...hehehe
Eu, pensando aqui com meus botões, já fico a imaginar que esse caso pode me dar muito material para as próximas colunas!  
 
Bêbado e mijado
Praça Monsenhor Marcondes, em uma manhã dessas. Passei pelo local pra dar aquela olhadinha básica na área central, e o que eu vejo? Um punhado de desocupados que dormiam nos bancos da nossa principal praça, um deles mijado...  com aquela trilha fétida correndo pelo ladrilho. Isso sem falar nos marmanjos que tomam banho no repuxo da praça! 
Lamento pelo consumidor do comércio pindense, aquele que senta nos bancos pra descansar após suas compras. Penso nas moças que trabalham nas lojas, nas drogarias em volta, que ocupam os bancos durante a folga do almoço! Ora, ora, ora!

Órfão novamente?
Vem aí eleições e mais uma vez a luta é para que Pindamonhangaba não fique sem deputados representantes do município! Muitos nomes vem sendo comentados, mas o único que já confirmou sua pré-candidatura é Rafael Goffi (PSDB). 
Como de praxe, de fora do município virão aqueles que vão se aventurar a uma candidatura e passarão por Pinda com suas propostas. Em campanhas anteriores houve pulverização dos votos e não ficou suave pra ninguém. É por aí, dizem as más línguas: Se você não pode ajudar, atrapalhe! O importante é participar!

16 cargos
Parece que o rompimento entre o prefeito Vito Ardito Lerário e o presidente da Câmara, Ricardo Piorino, já não passa de mera especulação. O presidente da Casa tem se posicionado contra a atuação do Executivo em vários setores e os dois já trabalham visando 2016. 
Logo em seguida, eu fico sabendo que nove assessores parlamentares e seis diretores de cargos comissionados foram demitidos da Câmara de Pindamonhangaba, por determinação do Ministério Público. 
Pra quem sabe ler, um pingo é letra!
728x90