Que nota você daria ao seu prefeito


?Nenhum governo pode sustentar-se sem o princípio do temor bem como do dever. Os homens bons obedecerão a este último, mas os maus somente ao primeiro."
(Thomas Jéfferson)

Foguetório
Quase todas as cidades da região programaram uma grande festa para a Virada do Ano Novo. Menos Pinda e Taubaté! Seria muito desperdício de dinheiro público ou medo de mais críticas? Poderia também ser uma espécie de economia de fogos para as próximas eleições, o não?
Em Pindamonhangaba, pelo menos a população tem um salvador: é o famoso Benê Fogueteiro, empresário do ramo de fogos de artifício, que em todas as viradas de ano, promove um espetáculo de fogos no Alto do Ouro Verde!
Benê é o cara lá na cidade alta!

Codivap já era?
O Codivap já não andava bem das pernas e completamente esvaziado nos últimos encontros. Até o Vale Histórico já havia criado o seu consórcio.
Agora, no entanto, com a criação da Região Metropolitana do Vale do Paraíba, o Codivap perde a razão de sua existência. Eu acho que já era! (Já Elvis).

Sem caixa-eletrônico
Moradores de Tremembé, clientes do Banco Itaú,  estão irritados porque o caixa-eletrônico do referido banco foi retirado. Agora, todos tem que seguir até o bairro Vila São Geraldo, em Taubaté, pra que possam realizar suas transações financeiras.
Absurdo para uma cidade de quase 50 mil habitantes, onde moram muitos funcionários de grandes empresas como Gerdau, Volks, Novellis, Ford, entre outras, ficar nessa dependência.

Verso
Com a morte do prefeito Arthur Barbosa Pinto há poucos dias, assumiu o Executivo de São José do Barreiro o vice-prefeito José Milton de Magalhães Serafim que já arregaçou as mangas e foi à luta. José Milton pediu paciência ao povo barreirense.
A luta para dirigir uma cidade pequena, sem recursos e sem empresas é complicada, e isso é uma tônica nas cinco cidades do Vale Histórico. Não é à toa que todos os prefeitos daquela região trabalham em grupo e tiram ?leite de pedra?.
 
Reverso
Por outro lado, alguns chefes de Executivo do Vale do Paraíba decepcionaram a população com suspeitas de envolvimento em casos de propina, questões de improbidade administrativa e falta de pulso para dirigir seu secretariado.
Neste final de 2011, que ponham a mão na consciência e tentem fazer de 2012 o ?ano da redenção?, pelo menos para que possam andar nas ruas de cabeça erguida.


Que nota você daria ao seu prefeito?
Não estamos aqui jogando pedras em ninguém, mas também não somos neófitos, sabemos que em qualquer lugar existem os esquemas de campanha, empresas envolvidas, aliança que acaba engessando os governantes. O que a gente pede aqui, para todos os prefeitos dessa nossa grande cidade que é o Vale do Paraíba, que todos tenham um mínimo de consideração pelas comunidades pobres, gente de periferia, que saiu com chuva ou com sol ardente para ir às urnas e digitar um número e colocá-los na cadeira de prefeito. 

Participem e mandem suas notas para o seu prefeito! Se quiser também, pode dar nota para a Câmara Municipal!
Aqui, o 'baguio é loko'! Aliás, quem quiser participar pelo Facebook, também estamos lá!
 
Educação
Não basta falar em educação nas escolas da rede de ensino. Educação deve estar em tudo, inclusive e principalmente no atendimento da municipalidade para com o cidadão.
Não é preciso dar dinheiro na porta da prefeitura, porque isso é paternalismo, é trambique, é manipulação. O que a população precisa é que se coloque gente técnica nos setores, e nada desse tal de ?cabide? onde os favorecidos são os aliados de campanha.

Não aos Capitães do Mato
No atendimento em órgãos municipais, nos postos de saúde, empreguem gente de sensibilidade que respeita os cidadãos, e não alguns truculentos, beócios que xingam as pessoas, que humilham o cidadão que vota! Pensem nisso!
 
Praças e logradouros
Promoção Social tem que funcionar! O que acontece com as cidades e suas praças? Em todos os cantos e recantos que passamos a imagem é de desolação, degradação, alcoólatras, gente excluída e ninguém do poder público para se aproximar.
A imagem é péssima para os administradores, mostra desleixo, falta de ações e políticas públicas. Em São José dos Campos, Taubaté, Guaratinguetá e Pindamonhangaba principalmente, dá vergonha circular por certas ruas. Fedor e indigência à mostra.
Cartões postais da nova Região Metropolitana.
 
Empregos
Algumas cidades tiveram notas acima de 8 no conceito desse jornalista, quando o assunto se refere à política de atração de empresas. Jacareí deu um show com seu prefeito Hamilton Motta, que trouxe numa tacada só as chinesas Sanny (fabricantes de retroescavadeiras), Cherry (indústria automobilística) e outras empresas de porte.
Com esses investimentos, Jacareí dará um salto espetacular de progresso. Até um complexo hoteleiro de 28 andares será instalado na cidade. 
 
Taubaté e São José
Em Taubaté e São José dos Campos, a política para se atrair investimentos continua agressiva. O prefeito taubateano conseguiu fechar vários investimentos para a cidade, enquanto São José dos Campos mantém seu programa que oferece isenção de tributos para investidores interessados.
Lorena e Guaratinguetá
Em Lorena e Guaratinguetá, o número de investimentos também vem aumentando. Se antes, havia uma suposta visão que as empresas não enxergavam o Vale Histórico como área promissora para investimentos. No entanto, as administrações das duas cidades, respectivamente, com os prefeitos Marcelo Bustamante e Junior Filipo estão provando que é preciso entrar em campo, em vez de ficar torcendo nas arquibancadas.

E Pindamonhangaba?
Em Pindamonhangaba, estamos torcendo! A Martifer, de origem portuguesa, já está com suas estrutura montadas, mas eu quero saber mesmo é dessa tal Simec, a siderúrgica mexicana. Pelo que andei levantando de informação sobre a Simec, não é essa coisa toda não. A indústria é mal vista e estaria devendo, há cerca de sete anos, reajuste salarial à seus funcionários.
Tranqueiras não é bom trazer pra perto não, meus queridos!

BMW no Brasil, 
Neste mês de dezembro, o presidente-executivo da BMW, Norbert Reithofer, confirmou que a empresa terá  fábrica de automóveis no Brasil, e está procurando áreas.
Lá de Santa Bárbara d?Oeste (região de Campinas), pindenses que lá foram residir devido à transferência da fábrica Denso, já mandaram um comentário para o meu e-mail: ?Tem uma cidade que pode esquecer de entrar nessa disputa porque aqueles caras só pensam na propina e na porcentagem de venda de terrenos na imobiliária da Prefeitura.?
De qual cidade eles estão falando, hein?
 
O suplente suplantou
Em Taubaté, enquanto tem parlamentar que se queimou com essa história de ?príncipe?, outros estão chegando e colocando a bancada de orelha em pé. É o caso do suplente a vereador Bilili do (PSDB) de Taubaté ficou 36 dias na Câmara de vereadores. O rapaz entrou, se mexeu, apresentou uma infinidade de proposituras, e fez  uma reviravolta na Saúde da cidade. Dizem que alguns edis já estão preocupados com a reeleição.

?Noel a mamãe!?
Dia 24/12, a festa de entrega de brinquedos do bairro do Bosque teve o final triste. O vereador Toninho da Farmácia juntamente com prefeito João Ribeiro e com a presença do ex-prefeito  Vito Ardito promoviam a doação de brinquedos e cestas básicas para a população. De repente, um baita ?BO?: um morador aparece filmando o ato.
Buuuuummmmm. Rolou um corre-corre, pega dali, toma de lá, tentaram tirar a filmadora do cara...hehehe...e eu perco uns lances desses. Mas está filmado!

Deu BO mesmo!
A desavença com o morador foi tão bizarra que tiveram que chamar a Policia. Lembram-se daquele rock? ?Policia para quem precisa?, policia e para quem precisa de  policia!'. O Papai Noel quase foi dar uma voltinha de viatura e deve ter ficado de saco cheio, literalmente.
Mamãe Noel que é bom, não tinha! (kkk) Como diria a Baby Dinossauro, ?Noel a mamãe!? 
 
Cursinho expresso
Há sussurros que funcionários da Câmara de Pindamonhangaba estariam viajando às pressas para capital, inclusive usando carro oficial do Legislativo. Motivo?  Para se qualificarem, pois o concurso efetuado na Câmara teria apontado uma série de falhas.
O presidente estaria correndo contra o tempo?
 
Dinheiro Público
Dizia um samba de Jobim: ?Se todos fossem no mundo iguais a você...!? Essa eu mando para os vereadores da Câmara de Guaratinguetá que deram um exemplo de austeridade administrativa. O Legislativo daquela cidade devolveu ao Executivo, na última quarta-feira (28) aos cofres públicos a quantia de R$ 1.058, 817,46, sobra do Legislativo. Alias que sobra hein?
Sobrou mesmo, na boa, para o Prefeito Junior Filippo que prometeu aos edis e à sociedade a instalação de 11 academias da melhor idade e a compra de 3 ambulâncias.
Vamos aguardar e cobrar, viu prefeito?
 
Sou chato, mas sou do bem!
Amigos! No limiar de mais um ano, onde abordamos, perturbamos, e divulgamos assuntos políticos variados, deixamos claro que não há nada, nunca houve, e nunca haverá de nossa parte, quaisquer motivos pessoais contra quem quer que seja!
Sei que sou chato, que pego no pé, mas nunca fizemos jornalismo pra classe política! Escrevemos para a população, um compromisso com a sociedade desse grande Vale!
Assim, encerramos essa última edição do ?Poucas e Boas?, desejando que 2012 seja de muita prosperidade, que haja comprometimento, e que governo e povo possam estar juntos na comemoração de grandes conquistas!

Mas eu volto!
 

Contato: ocimar@agoravale.com.br