"Trem da vida, no vapor quente de janeiro!"


Quente demais! Calor insuportável! É o que se ouve e comenta o tempo todo,
entre abanos e muito gelado! Pior, parece que quanto mais se reclama, mais 
quente fica! 
Janeiro será o mais quente de todos os tempos no Brasil! Parece que estamos 
numa Fornalha, tipo aquelas de trem a vapor! Vapor muito quente.
E por falar em trem, janeiro é também mês da retomada! Tempo de recolocar o 
trem nos trilhos, é começo de um novo ano, portanto tempo de oportunidade! 
Há muito o que se fazer, e refazer!
Colocar o trem nos trilhos demanda muito esforço e dedicação! Primeiro é 
preciso olhar atrás, pra dentro, e analisar a quanto tempo o trem está 
descarrilado!  Se estiver é claro! Alguns poderão ser por anos! Quem sabe uma 
vida quase inteira! Às vezes penso se é possível manter o tempo todo esse 
trem na linha? 
Se cada ano que passa é um vagão que colocamos nos trilhos, cada um sabe 
a quantidade e o que significa seus vagões! E será que estão todos nos trilhos? 
Ou já estiveram? Estão presos devidamente a locomotiva? Cada um sabe do 
“trem de sua vida”?
Quase sempre somos duros conosco, acabamos por exigir além do que 
podemos, e por outro lado somos condescendentes em demasia, afrouxamos 
demais, e o vagão se desprende.
Agora, o mais difícil desse “trem de vida” é que os trilhos são colocados a cada 
instante, a linha não está definida, construída totalmente! Não sabemos para 
onde irá, quanto tempo, ou por quais circunstâncias, mas está aí, e poderá 
estar a todo vapor, depende de cada um!
Esse “trem de vida” desliza sobre trilhos de incertezas, carregando enormes 
vagões de ansiedade, mas que não podem descarrilar! Trem descarrilado é 
trem parado! É prejuízo, é infelicidade, para nós e para os outros a nossa volta! 
Trem descarrilado, maquinista desorientado!
E olha que incrível! Esse danado de “trem de vida”, não anda sozinho, depende 
do “outro” (trem)! Já nasce assim, e o interessante é que se ficar isolado, 
sozinho, aí é que descarrila mesmo!
Precisamos do “outro trem” pra tudo, em tudo! É bom entrar com tudo nessa 
realidade, pois trem sozinho é trem parando, é trem descarrilando!
Estou completando 48 anos desse “trem de vida” e só tenho um desejo, 
entrelaçar-me nas linhas dos outros trens! Trem da amada, dos filhos, dos pais, 
familiares, amigos, e daqueles que ainda serão meus amigos! Todo trem é 
amigo, é só permanecer na linha, linhas sinuosas desta vida!
Que Deus nos ampare, e que o vagão da fé, da crença, seja a locomotiva a nos 
levar e sustentar! Para frente é que se vai para o outro, nesse “trem bão”, que é 
a vida...
Vamos lá, trens nas linhas, trens das diversas linhas! Vagões nos trilhos é 
janeiro, o mês mais quente que se já teve, que pode ser o combustível para 
uma nova vida! É só permanecer na linha, e segurar firme os vagões! 
Feliz 2015, ano novo que só terminará em 31 de dezembro, quando virá um 
mais novo ainda! “Ô trem bão”!!! Vapor rima com amor, no mais é por conta de 
cada um!
Alexandre Faria
Consultor em Gestão de Negócios
Clique:  Pretéritos Matinais – Imagens, palavras e algumas poesias!
(http://preteritosmatinais.blogspot.com.br/  )
anuncio