Marido Traído e a Copa das Copas


Vivo me lembrando da piada: “Certo homem chegou à sua casa tarde da noite, depois do trabalho e pegou sua esposa no flagra no sofá com o amante. Disfarçou, olhou de lado e foi pra cozinha. No dia seguinte, o fato se repetiu, e sua atitude também. No terceiro dia, outra vez! Indignado o marido traído e machucado finalmente tomou uma atitude! No dia seguinte, logo cedo tirou o sofá da sala e jogou fora”!
Olhando as movimentações, os fatos que estão ocorrendo na semana do inicio da Copa do Mundo no Brasil, parece que estou vendo a narrativa da piada do “marido traído”. Já ouvi: “vou torcer pro Brasil perder”, “tomara que seja a pior Copa de todos os tempos”, “Vai ser um fiasco”, “bando de ladrão”, “olha quando gastaram com a construção dos estádios, e a nossa saúde?”, “Educação?”, “Segurança?” “Têm que protestar mesmo”!.


O que lamento, é estar na semana do inicio da Copa e perceber dois mundos paralelos, o primeiro é a cobertura da imprensa, especialmente a televisiva, com chamadas ao vivo o tempo todo da concentração do Selecionado Brasileiro, delegações de seleções chegando, história das copas, comerciais de bebidas, e tudo mais, mostrando uma grande festa, além de representantes do governo, ressaltando que teremos a “copa das copas”.


De outro lado, andamos por nossa cidade, cidades vizinhas, e até mesmo em cidades sedes, como São Paulo e tudo parece estar parado (não estou falando das greves), quase não se tendo indícios do Evento.
Onde estão as ruas pintadas, como nos anos anteriores, os amigos, a família, combinando onde verão os jogos, discutindo o cardápio do intervalo: “churrasco ou petisco, ou caldinhos que vai estar frio”. Tá certo que esta não é a “copa das vuvuzelas” e nem só das “mazelas”! Não vamos radicar! Protestar, manifestar, bater de frente, enfrentar, então que fosse antes da eleição do país sede, ou será não prevíamos tudo que está ocorrendo? Não é “ronaldos” ? Não é “joanas”?


Enquanto isso temos um festival de greves sem medidas (ou na medida das próximas eleições) acontecendo, inclusive de serviços essenciais, pois é oportunidade de correções de salários defasados, causando um caos terrível para as pessoas! Sem contar nos MDOP´s (Movimento dos Oportunistas de Plantão), que vão surgindo pra todo lado, invadindo ruas e transtornando a vida de quem precisa trabalhar!
Como diria Benjamin Franklin: “A tragédia da vida é que ficamos velhos cedo demais, e sábios, tarde demais” .


Fomos tantas gerações de jovens ao longo da história, revoltados e ávidos por mudanças, por protestos, enfrentamentos e na verdade pouco fizemos! O tempo passou? E agora? O mais triste é que ainda não estamos tão sábios como deveríamos...


Particularmente, espero ainda encontrar os amigos, parentes, definir um bom cardápio e curtir os jogos da Copa, especialmente os da Seleção, que acredito será campeã.
Vou seguir torcendo para que tudo transcorra bem, que o nosso povo receba cordial e educadamente todos os que vêm de fora ou mesmo os daqui, que seja um evento de sucesso (“graças a Deus”)... Muita gente boa investiu nisso. Ao menos nos álbuns de figurinha...

E quanto àqueles que estão convictos de protestar, enfrentar, se manifestar (que também têm o meu respeito), que o façam com civilidade!
Gostaria de lembrar que haverá vida depois da copa! Ao menos espero e desejo!


As eleições estão pra chegar! Tomemos cuidado pra não fazermos como o marido da piada!
Apertar “confirma” nas urnas para os mesmos de sempre permanecerem onde estão! Aí, é jogar o sofá fora e continuar “traído, levando bolas nas costas”...


Vai Brasil! Você ainda é muito jovem, e a sabedoria vai chegar!

anuncio