Dia do Mundial do Vendedor

Vendedor é hoje um produto em falta. Melhor, um problema para todos os tipos de empresa, das que vendem porcelana e fósforo, às que vendem carros, usinas e apartamentos. Quando o caso é publicidade, as coisas ainda pioram. O vendedor tem que conhecer mídia, estatística, administração, e quem sabe, ter um astral infinito para sofrer nas salas de recepção das empresas e enfrentar diariamente as secretárias (hoje eletrônicas). E precisa também ser um internauta. E aí temos a questão da mercadoria a ser vendida.